Sergio Agüero - Manchester City

Reta final da última Champions aconteceu em bolha em Lisboa pela Covid-19 (Foto: MARTIN RICKETT / POOL / AFP)

LANCE!
05/02/2021
17:58
Mönchengladbach (ALE)

Após o Liverpool saber que não poderá enfrentar o RB Leipzig na Alemanha pelas oitavas de final da Champions League por causa de uma determinação do governo germânico, o Manchester City pode ser a próxima equipe a também ser impedida de entrar no país.

+ Veja a tabela da Champions League


Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, Max Eberl, diretor esportivo do Borussia Mönchengladbach, rival do clube inglês nas oitavas de final da competição europeia, disse que a equipe alvinegra terá de buscar um novo local para o jogo, que está marcado para o dia 24.

- Do jeito que as coisas estão, os clubes ingleses não estão autorizados a viajar para a Alemanha devido à nova variante. Isso significa que nós, como anfitriões, precisamos pensar sobre como e onde podemos realizar nosso jogo contra o Manchester City. Há muitas discussões em andamento - disse Eberl.

No último sábado, o governo alemão proibiu a entrada de pessoas vindas de países afetados por mutações da Covid-19, como é o caso da Inglaterra. A medida, válida até o dia 17, pode ser estendida.

+ Pelé prefere CR7! Veja a escolha de 50 personalidades do esporte entre Cristiano Ronaldo e Messi

Segundo a emissora "Sky Sports", a Uefa está ciente da situação e estuda maneiras de resolver o impasse juntamente à Federação Alemã de Futebol e o governo local.

Até o momento, três hipóteses são consideradas. A primeira é a inversão de mando, com o jogo de ida acontecendo na Inglaterra e a volta na Alemanha. A segunda alternativa é a realização da partida em outro país, em campo neutro. A terceira é o confronto sendo decidido em jogo único.