Arsenal x West Ham - Comemoração

Arsenal está cinco pontos atrás do Manchester United (IAN KINGTON / AFP)

LANCE!
12/04/2020
10:19
Londres (ING)

Em meio a negociações de clubes e jogadores sobre um possível corte salarial por conta da paralisação da temporada, o Arsenal propôs que nenhum atleta tenha sua remuneração reduzida caso o time consiga classificar para a próxima Liga dos Campeões, segundo informa o “The Telegraph”. Neste momento, os Gunners estão cinco pontos atrás do Manchester United, que ocupa a quinta colocação e pode ser beneficiado pela suspensão do Manchester City de participar de competições europeias. O Chelsea é o quarto com 48 pontos.

Apesar da classificação ser improvável, já que o time do norte de Londres ocupa a nona posição na tabela e o futebol jogado é inconsistente, tal medida serve como um incentivo aos jogadores para buscarem um melhor rendimento dentro de campo e, consequentemente, não sofrerem impactos no próprio bolso.

A situação atual é de indefinição. No primeiro momento, a Associação de Jogadores Profissionais pediu para que os atletas não aceitassem um corte, mas apenas um adiamento dos pagamentos. Ainda não se sabe quando a Premier League poderá retornar e o impacto financeiro que a crise terá nos cofres dos clubes, porém medidas estão sendo estudadas.