Manchester City x Liverpool - Champions League 2017/18

Mateu Lahoz teve arbitragem polêmica na última vez que apitou um jogo do Manchester City (Foto: AFP)

João Marcos Santana*
25/05/2021
07:30
Rio de Janeiro (RJ)

Está chegando a hora do jogo mais aguardado de toda a temporada europeia. No próximo sábado, Manchester City e Chelsea se enfrentam pela grande final da Champions League. A partida será disputada no Estádio do Dragão, na cidade do Porto, em Portugal, às 16h (de Brasília).

+ Veja a tabela da Champions League


Para este duelo, a Uefa escalou o árbitro Antonio Miguel Mateu Lahoz, de 44 anos, que também está confirmado para a disputa da Eurocopa. E em sua primeira final de Liga dos Campeões, o espanhol encontrará o Manchester City pela quinta vez na carreira.

O clube inglês não guarda boas lembranças do juiz do duelo com o Chelsea, que teve arbitragens polêmicas em pelo menos dois dos jogos que apitou dos Cityzens.

Antonio Miguel Mateu Lahoz
Miguel Lahoz apitará sua primeira final de Champions League (Foto: FRANCK FIFE / AFP)

A primeira das reclamações por parte do time inglês foi na partida contra o Monaco, no jogo de ida das oitavas de final da Champions League 2016/17. Na ocasião, Agüero foi derrubado pelo goleiro Subasic dentro da área, mas Lahoz deu simulação e aplicou amarelo para o jogador do Manchester City.

Àquela altura, a partida estava empatada em 1 a 1, mas logo em seguida o time francês virou o placar. O possível pênalti, negado pelo árbitro espanhol, fez falta para o segundo jogo. Na França, o Monaco venceu por 3 a 1, e avançou por conta dos gols marcados fora de casa.

+ The Champions! Veja os brasileiros com mais títulos da Liga dos Campeões

Manchester City x Monaco - Champions League 2016/17 - Agüero
Agüero sendo derrubado por Subasic (Foto: AFP)

A segunda partida polêmica de Mateu Lahoz apitando um jogo do Manchester City foi na temporada seguinte. Nas quartas de final da Liga dos Campeões 2017/18, o adversário foi o Liverpool. Após uma dura derrota no jogo de ida, em Anfield, por 3 a 0, os Cityzens precisavam de uma grande atuação na volta.

E os três gols de diferença poderiam ser empatados logo no primeiro tempo no Etihad Stadium. Após fazer 1 a 0 no começo, o City reclamou de um pênalti de Milner aos 29 minutos, após a bola bater na mão do volante. O segundo lance, quase nos acréscimos, foi um gol anulado de Sané. O alemão estava em posição de impedimento, mas a bola partiu de Milner, o que validaria o tento.

A situação irritou o técnico Pep Guardiola, que entrou no gramado ao apito final de Lahoz no primeiro tempo. Na sequência, o árbitro espanhol expulsou seu compatriota por conta das reclamações, que assistiu a etapa final na arquibancada.

Manchester City x Liverpool - Champions League 2017/18 - Guardiola
Reclamação de Guardiola com Mateu Lahoz (Foto: AFP)

- A bola bateu no Milner, veio do Milner. Olha a televisão, veja o vídeo. Foi um gol e um pênalti. Cala a boca - disse Guardiola, de acordo com a imprensa espanhola.

+ Palco da final é o único estádio onde o Manchester City não venceu nesta Champions League

Manchester City x Liverpool - Champions League 2017/18 - Guardiola na arquibancada após ser expulso
Guardiola acompanhando o jogo na arquibancada após ser expulso (Foto: AFP)

Na última segunda-feira, em entrevista coletiva, Guardiola foi questionado sobre a escolha de Mateu Lahoz para a final da Champions League e se falou com o juiz após o duelo contra os Reds. E apesar das polêmicas, o catalão disse também que não se importa com os jogos passados.

- Não falei com ele, e não estou preocupado com sua escolha. Não poderia me importar menos. Estou muito confiante na minha equipe. Você não pode imaginar como estou confiante na minha equipe e no que temos que fazer.

Em busca de sua terceira Champions League como treinador, Pep Guardiola terá que trabalhar não só as táticas, mas também o psicológico de sua equipe para a grande decisão.

* Estagiário, sob supervisão de Cayo Pereira.