Alexandre Pato tinha troca o Internacional pelo Milan. Sequer conseguiu disputar uma Copa do Mundo até hoje. Depois do Milan, Pato retornou ao Brasil, jogou por Corinthians e São Paulo, retornou ao futebol europeu, e hoje defende o Tianjin Quanjian, da Ch

Pato marcou 16 gols em 27 partidas pelo Tianjin Quanjian (Foto: STR / AFP)

LANCE!
27/02/2018
11:40
Tianjin (CHN)

O atacante Alexandre Pato não vem se destacando no futebol chinês apenas por seus gols e boas atuações com a camisa do Tianjin Quanjian, clube que defende desde março de 2017 e pelo qual já balançou as redes 16 vezes em 27 partidas.

Artilheiro do time e um dos principais responsáveis pela inédita classificação do Tianjin Quanjian para a Liga dos Campeões da Ásia deste ano, o brasileiro vem colhendo os frutos do seu bom trabalho também fora de campo.

Um estudo elaborado pela All Star Partner, de Pequim, e pelo jornal "Mundo Deportivo", da Espanha, divulgado nesta terça-feira mostrou que o atacante brasileiro é o jogador mais influente que atua no futebol chinês.

- Fiquei muito contente. Tenho grande respeito e carinho pelo povo chinês e isso representa que a minha dedicação nos jogos e treinos vem dando resultado não apenas dentro de campo. Sempre fui bem tratado desde que cheguei e isso facilitou muito a minha adaptação ao país - destacou o brasileiro.

A importância de Alexandre Pato para o futebol do gigante asiático fica ainda mais evidente quando levados em consideração os futebolistas do mundo inteiro. Na pesquisa que analisou as redes sociais Weibo, Toutiao e Dopngqiudi, as principais do país, o brasileiro ficou em terceiro lugar, atrás apenas dos astros Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, e Lionel Messi, do Barcelona.

Na lista com os 50 jogadores do mundo com maior influência no país, Pato superou nomes de grande destaque, como Kaká (4º colocado), David Beckham (5º), Neymar (8º), Pogba (10º) e até mesmo o Rei Pelé (23º).