Qatar 2022

Copa do Mundo de 2022 será a primeira a ser disputada no Oriente Médio (Foto: Divulgação)

LANCE!
08/07/2021
16:55
Doha (QAT)

Esta sexta (9) marcará a contagem de 500 dias para que o Qatar receba a primeira Copa do Mundo FIFA no Oriente Médio. A estimativa é que, faltando um ano para o início da competição, todos os estádios utilizados no torneio estejam prontos.

Veja o mata-mata da Eurocopa

A 22ª edição do torneio terá início em 21 de novembro de 2022, quando o Qatar – atual campeão asiático – estrear como país-sede no primeiro jogo do torneio, diante de 60.000 torcedores no deslumbrante Estádio Al Bayt, na cidade de Al Khor.

O Qatar será o palco da versão mais compacta da história moderna das Copas. Todos seus oito estádios ficam num raio de 50km do centro da capital Doha, o que permitirá que torcedores, atletas e oficiais permaneçam em apenas uma acomodação ao longo do evento, que viverá seu último capítulo com a grande final no Estádio Lusail, diante de 80.000 torcedores, em 18 de dezembro de 2022 – que também é o Dia Nacional do Qatar.

A Copa do Mundo promete ser um festival futebolístico sem precedentes – com todos constantemente no meio da ação e nunca distantes de um estádio, uma fan zone ou uma atração turística. Nassel Al Khater, CEO da FIFA World Cup Qatar 2022 LLC, falou sobre o orgulho de seu país em hospedar o maior evento esportivo do planeta.

- Quinhentos dias significam que estamos chegando muito perto. Estamos há dez anos nos preparando e esse será o maior evento a já acontecer no Oriente Médio. Ele reunirá toda a região e será um momento de orgulho na história do mundo. Conforme nos aproximamos do torneio, tenho certeza que essa empolgação crescerá ainda mais- disse Al Khater. 

Al Khater afirmou que acredita que o perfil compacto do torneio será uma atração única do Qatar para os torcedores, assim que começarem a planejar suas viagens pelo país.

- Essa natureza compacta é provavelmente o aspecto mais positivo dessa Copa do Mundo. Afinal, os fãs não terão de seguir suas seleções de cidade a cidade, o que representará uma economia significativa de gastos e permitirá que tenham tempo de se ambientar e efetivamente aproveitar o que o Qatar tem para oferecer - argumenta Al Khater. 

Yasir Al Jamal, Presidente do Departamento de Operações e Vice-Presidente do Departamento de Entrega Técnica, diz que as obras de infraestrutura da Copa do Mundo FIFA de 2022 já atingiram 95% de sua conclusão e todos os estádios deverão estar prontos até o final de 2021.

- Desde 2011 estamos trabalhando duro na entrega do nosso torneio e da melhoria da infraestrutura nacional. Se olharmos para o metrô, o aeroporto e a expansão das rodovias, é inegável que estamos uma ótima posição. Todos os estádios estarão prontos até o fim deste ano, o que nos dará um ano inteiro para testá-los antes do evento - disse.

Al Jamal prosseguiu: “Cinco dos nossos estádios já foram concluídos e os outros três estarão prontos em breve. Seis dos estádios serão usados na Copa Árabe da FIFA de 2021, que acontecerá em novembro e dezembro”.

A Copa Árabe da FIFA de 2021 envolverá 16 times da região e acontecerá exatamente um ano antes do Qatar 2022. Ela será uma oportunidade vital para testar a infraestrutura e as operações enquanto os torcedores têm um gostinho da paixão da região pelo jogo bonito.

- É um evento muito importante para nós. Ele reunirá o Mundo Árabe para um torneio relevante, que pela primeira vez terá a chancela da FIFA. Será uma grande oportunidade para vermos os novos estádios em ação e nos prepararmos para o Qatar 2022 - disse Al Khater. 

Al Khater também destacou o compromisso qatari com o legado da Copa, especialmente no que diz respeito aos estádios.

- Desde o princípio, o legado foi uma prioridade máxima para nós, e norteou nossas ações já nas etapas iniciais de planejamento. Alguns estádios terão suas capacidades reduzidas, com a doação de assentos para ajudar o desenvolvimento da infraestrutura esportiva de outros países. Alguns estádios serão readequados, e um deles (Ras Abu Aboud) será completamente desmontado, e suas partes serão usadas para criar novas instalações no Qatar e no exterior - concluiu.