Doug Marrone

Doug Marrone não é mais o técnico do Jacksonville Jaguars. (Reprodução/Jacksonville Jaguars)

LANCE!
04/01/2021
14:02
Jacsonville (EUA)

Como já era esperado, a segunda-feira (4) trouxe os tradicionais anúncios de demissões envolvendo treinadores das franquias da NFL.

Doug Marrone perdeu o emprego no Jacksonville Jaguars após vencer apenas uma partida e perder outras quinze na temporada. O treinador assumiu os Jaguars de forma interina durante as duas últimas partidas da equipe em 2016, substituindo Gus Bradley. Efetivado no ano seguinte, Marrone levou a equipe até a final da Conferência Americana daquela temporada, mas foi derrotado pelo New England Patriots, por 24 a 20. Desde então, conseguiu o retrospecto desastroso de 12 vitórias e 36 derrotas.

Já o Los Angeles Chargers decidiu pela saída de Anthony Lynn após quatro anos no comando da equipe. Na última temporada regular, os Chargers terminaram com o recorde de sete triunfos e nove derrotas, fora dos playoffs pela terceira vez durante a gestão de Lynn.

Marrone e Lynn se juntam a Adam Gase, do New York Jets, demitido logo após a derrota de sua equipe para o New England Patriots, no domingo (3). Detroit Lions, Houston Texans e Atlanta Falcons já haviam dispensado seus treinadores ao longo do ano e completam a lista das franquias que buscam head coaches para a próxima temporada.

Na contramão das demissões, o Cincinnati Bengals decidiu manter o treinador Zac Taylor mesmo diante do retrospecto de quatro resultados positivos, onze reveses e um empate na competição. O desempenho da equipe poderia ter sido diferente caso Joe Burrow, quarterback selecionado pela equipe na primeira escolha do draft de 2020, não tivesse sofrido múltiplas lesões em um de seus joelhos, no mês de novembro. Taylor irá para seu terceiro ano à frente dos Bengals.