Daniel Jones e Saquon Barkley

Daniel Jones ainda goza de prestígio com o dono dos Giants (Foto: Reprodução/ New York Giants)

LANCE!
29/03/2021
09:37
East Rutherford (EUA)

A má fase está durando no New York Giants. Após vencer o Super Bowl em 2011, sobre o New England Patriots, a franquia chegou aos playoffs novamente em apenas mais uma ocasião – em 2016. A falta de sucesso de uma das mais vitoriosas equipes da NFL está incomodando John Mara, proprietário do time.

> Atletas da NFL que já entraram na mira da justiça americana

- Eu ficaria muito desapontado se as coisas não mudarem rapidamente. Estou começando a ficar impaciente. Já faz um tempo (que chegamos aos playoffs). Estou cansado de explicar aos fãs ao final da temporada ‘as coisas estão melhorando. Estamos no caminho certo. Você perde credibilidade com eles. Não digo que temos que chegar aos playoffs este ano. Eu não acredito que somos um produto finalizado. Nós temos que adicionar mais peças. Mas olhando os jogadores que contratamos, há razões para pensar que estaremos nos playoffs o quanto antes – disse John Mara ao New York Post.

Os Giants investiram pesado nesta offseason da NFL. Primeiramente, fizeram um compromisso valioso com o defensiva tackle Leonardo Williams, o pagando um contrato no valor de 63 milhões de dólares por três temporadas. Na sequência, foram ao mercado e buscaram dois nomes cobiçados, também atrelando altas quantias a eles – o wide receiver Kenny Golladay – contrato de quatro anos e 72 milhões de dólares – e o cornerback Adoree Jackson – três anos e 39 milhões de dólares.

Agora, os nova-iorquinos focam seus esforços em selecionar os jogadores corretos no Draft da NFL, que se inicia no dia 29 de abril. Com a escolha número 11, os Giants têm uma excelente posição para escolher um talento de alto nível.

E se para muitos a posição de quarterback é um dos pontos fracos do New York Giants, essa ideia não passa na cabeça de John Mara. Para o bilionário, Daniel Jones tem as qualidades de um quarterback campeão da NFL.

- Cada um dos nossos treinadores ama o garoto e acredita que ele tem talento para ganhar um campeonato. Ele realmente quer ser grande, você pode ver isso. Eu acredito que o céu é o limite para ele.