pollys

Junior Sacramento, o "Pollys" agora defenderá o Cruzeiro FA na Liga MGFL-(Divulgação/Galo FA)

Daniel Abreu - Valinor Conteúdo
23/10/2021
17:35
Belo Horizonte

Com o início da temporada se aproximando, as equipes mineiras vieram se reforçando para os próximos campeonatos sendo o primeiro no dia 6 de novembro pela Liga MGFL Hinova. As equipes do Cruzeiro FA e do Galo FA, ambas detentoras de um Campeonato Brasileiro, sendo a equipe alvinegra em 2020 e a equipe celeste em 2017. E para voltar a vencer, ambas as equipes sabem que precisam montar um forte elenco e muitas vezes contam com a experiência dos atletas brasileiros que já atuaram além dos solos nacionais.

A equipe do Cruzeiro FA se fortificou com alguns jogadores que atuaram fora do Brasil, sendo um exemplo o OT Pollys Junio Sacramento de apenas 23 anos, que atuou na Alemanha pela equipe Berlin Thunder participante da European League of Football que costuma revelar jogadores para a NFL.

Além de Sacramento, a equipe celeste também contará com Augusto Oliveira mais conhecido como “Bus”, o atleta que joga na linha defensiva atuou pela seleção brasileira em Ohio no ano de 2015 e pela AFL, no Canadá, pela equipe de St. Albert Stars. Além dos dois atletas, Igor Mota que chegou a pouco com experiência no Mundial de Ohio em 2015 somará à equipe nesse processo.

Já a equipe do Galo FA conta com jogadores nativos dos Estados Unidos como o RB Parris Lee de 30 anos que já atuou pela universidade da Georgia State Football em seu país natal. Em sua última temporada atuando pela equipe mineira, o atleta foi campeão brasileiro e venceu o título de melhor jogador da temporada, o MVP.

Outro atleta que atuou fora, foi Ryan David que atua como LB (Linebacker) e em 2018-19 atuou na Universidad de Las Americas Pueblas, no México. O jovem atleta de apenas 22 anos tem sido constantemente convocado para a seleção brasileira. Além dos dois, o Galo FA conta também com o S Dunmore Oshay que já atuou pelo Oregon Ducks, equipe tradicional do College estado-unidense.

A terceira equipe que conta com atletas de fora, é a equipe dos Golden Lions contam com dois atletas norte-americanos que chegam a equipe para somar além da experiência de Roberto Schor, jogador de linha defensiva que já atuou pela Europa ao longo de seus mais de 12 anos de esporte. Humberto “Betão” Silva, é outro atleta da equipe que também tem experiência no exterior e que dará volume a equipe para que o projeto obtenha sucesso.

A última equipe participante é o Nova Serrana Forgeds, mas a equipe não conta com jogadores que já atuaram fora. Com isto, temos elenco recheados de experiências externas para acrescentar a equipes que irão participar da MGFL Hinova. Basta saber, quais dessas equipes prevalecerá sobre suas experiências e habilidades, fato é que o campeonato será disputado com tanto talento vestindo uniformes diferentes.