Acabou a Brincadeira - Rodrigo Capelo

Opinião de Rodrigo Capelo agitou as redes sociais na tarde desta quarta-feira  (Foto: Reprodução)

LANCE!
03/04/2019
12:55
Rio de Janeiro (RJ)

O jornalista do Sportv, Rodrigo Capelo, conhecido por tratar de questões econômicas no meio do futebol, deu uma declaração polêmica no programa 'Acabou a Brincadeira' na tarde desta quarta-feira. O jornalista afirmou que não existem mais 13 clubes grandes como na década de 1980. Para ele, hoje, somente Flamengo, Corinthians, Palmeiras e São Paulo são grandes.

- Eu estava pensando em usar 'superclubes' (para se referir aos quatro clubes) e manter os grandes, grandes, mas em nome da clareza, vamos dessa maneira.

Carlos Cereto, que é apresentador do programa, interrompeu o colega, em tom de brincadeira, pedindo para que ele não mudasse de posição:

- Não venha mudar sua posição, não. Não venha pipocar não - brincou.

Acabou a Brincadeira
Arte mostra Fla, Corinthians, Palmeiras e São Paulo como times grandes (Foto: Reprodução)

Capelo afirmou ainda que Grêmio, Internacional, Cruzeiro e Atlético-MG se revezam entre os grandes e se posicionam, em determinados momentos, como essa quinta força. Desses quatro, para ele, o grande da vez é o Tricolor gaúcho.

- Muito bem administrados, eles conseguem competir na grana, eles têm capacidade financeira de disputar títulos. Hoje, sem dúvidas, é o Grêmio. Os outros três estão passando por dificuldades financeiras, que não são poucas.

Acabou a Brincadeira
Para Capelo, Grêmio, Inter, Cruzeiro e Galo se revezam como o quinto clube grande (Foto: Reprodução)

Já Vasco, Botafogo, Santos, Bahia e Fluminense, de acordo com o jornalista, não são mais grandes e citou como exemplo dois dos três clubes cariocas na lista.

- É polêmica, porque tem uma carga emocional muito forte, né Cereto? Quanto tempo o Vasco não disputa um Campeonato Brasileiro pra valer? Em 2011 teve uma pequena fase boa... O Fluminense mesma coisa, conseguiu na época da Unimed porque tinha um parceiro que colocava dinheiro, contratava jogadores diretamente, pagavam bons salários e conseguia competir... Mas o Fluminense em si, antes e depois, muita dificuldade pra competir na primeira divisão. Disso que eu estou falando, de competitividade - concluiu.

Acabou a Brincadeira
Para Capelo, Vasco, Flu, Botafogo e Bahia não são mais equipe consideradas grandes (Foto: Reprodução)

Alguns torcedores se mostraram a favor da opinião de Rodrigo Capelo.

- Acho que o Capelo está certo, o que faz o time grande hoje é a capacidade de brigar pelos títulos todos os anos, mas também acho que os outros times podem voltar a serem grandes se tiverem boas administrações - afirmou um usuário no Twitter.

Já outros torcedores não concordaram com a opinião do jornalista:

- Seguindo essa lógica do Capelo, Paris Saint-Germain seria considerado um time gigante em cenário europeu só por ser rico? Capelo está querendo falar bonito, mas só está falando besteira - afirmou outro.

Ex-jogador de vôlei e comentarista do Sportv, Nalbert também entrou na discussão e mostrou que está do lado de Carlos Cereto.