Fluminense x Flamengo - Fernando Diniz

Próximo confronto será contra o Ceará, no Maracanã (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)

Jonatas Pacheco
23/06/2019
18:54
Rio de Janeiro (RJ)

Você se lembra qual foi a última partida do Fluminense? Por conta da pausa para a Copa América, alguns torcedores podem não lembrar.

A última vez que a equipe de Fernando Diniz entrou em campo foi no empate por 1 a 1 com a Chapecoense, na Arena Condá, dia 13 de junho, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. De lá pra cá, o elenco ganhou dez dias de folga por conta da Copa América.

Chapecoense x Fluminense
Ganso fez o gol contra a Chape (LUCAS MERÇON / FLUMINENSE)

Nesta segunda-feira, o grupo se reapresenta no CTPA e começa a trabalhar buscando a recuperação na temporada. Antes da pausa, foram três empates e três derrotas.

No Campeonato Brasileiro foram duas derrotas (3 a 2 para o Bahia e 3 a 0 para o Athletico-PR) e dois empates (0 a 0 contra o Flamengo e 1 a 1 contra a Chapecoense), resultados que deixaram o Tricolor na 16ª colocação com oito pontos, uma posição acima da zona de rebaixamento. Chapecoense e Cruzeiro possuem a mesma pontuação, mas estão abaixo na tabela pelos critérios de desempate.

O outro empate aconteceu na Copa do Brasil. O 2 a 2 contra o Cruzeiro no Mineirão levou a partida para as cobranças de pênaltis. Na disputa, os cariocas perderam por 3 a 1 e deixaram a competição nas oitavas-de-final.

Mas nem todos os resultados foram negativos. A derrota por 1 a 0 para o Atlético Nacional-COL garantiu a classificação do Fluminense para as oitavas-de-final da Copa Sul-Americana, já que a equipe venceu a primeira partida por 4 a 1, no Maracanã.

Atlético Nacional x Fluminense
Classificação garantida na Sul-Americana (JOAQUIN SARMIENTO/AFP)

Agora Fernando Diniz terá 20 dias para preparar o grupo visando a próxima partida na temporada. O Fluminense volta a campo no dia 15 de julho, quando enfrenta o Ceará, no Maracanã, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na sequência, clássico contra o Vasco no dia 20 de julho, pela 11ª rodada do Brasileirão, e confronto contra o Peñarol-URU, dia 23, no Uruguai, pelas oitavas-de-final da Copa Sul-Americana.

Três jogos difíceis, mas que podem servir como uma injeção de ânimo para a equipe se recuperar na temporada e fazer a torcida tricolor sonhar com dias melhores.