Boavista x Fluminense

Camisa 10 teve uma atuação discreta contra o Boavista (FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)

LANCE!
14/03/2019
22:49
Saquarema (RJ)

Com facilidade, o Fluminense venceu o Boavista por 3 a 0 nesta quarta-feira, em Saquarema, e deu mais um passou rumo à classificação para o mata-mata do Carioca. Apesar do bom astral, a substituição de Paulo Henrique Ganso, aos 29 minutos, que pareceu apressada, preocupou o torcedor do Flu. 

O camisa 10 saiu em direção ao banco de reservas rapidamente enquanto Daniel, seu substituto, ainda não estava pronto - deixando o Fluminense com um a menos por alguns instantes. O meia, no entanto, garantiu não ter sentido sentido qualquer lesão. 
 
- Foi só uma pancada, de leve. Saí para me preservar e para colocar todo mundo para jogar, também, o que é importante para o nosso grupo - destacou o camisa 10.

O jogador, que foi a contratação mais importante do Fluminense para a atual temporada, pode enfrentar, já no domingo, Diego Souza, também recém-chegado ao futebol carioca. O meio-campista do Tricolor falou sobre as possíveis comparações entre os dois reforços: 

- São estilos de jogo diferentes. Diego Souza também é um grande jogador. É bom para o futebol do Rio, para o futebol brasileiro, ver grandes jogadores dentro de campo. 

O Fluminense agora enfrenta uma sequência importante de jogos. Neste domingo, o Flu recebe o Botafogo às 19h, no Maracanã, pelo Carioca. Na quinta-feira, no Chile, encara o Antofagasta, no jogo de volta pela primeira fase da Sul-Americana. Paulo Henrique Ganso falou sobre a sequência complicada. 

- A gente se prepara para isso, para esses grandes jogos: clássico e jogo decisivo na Sul-Americana. É uma pena que ainda não posso jogar este, mas vou torcer para que a gente passe e, aí, poder jogar na próxima fase - disse o atleta, que ainda não pode jogar pela competição continental.