Sede das Laranjeiras

Fluminense acertou o pagamento do mês de julho da CLT (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

Marcello Neves
26/09/2018
22:44
Rio de Janeiro (RJ) 

O Fluminense deu o primeiro sinal de que as pendências financeiras estão próximas de serem regularizadas. A diretoria pagou nesta quarta-feira o valor referente ao mês de julho da CLT dos jogadores. Por outro lado, os três meses de direito de imagem seguem pendentes. A dívida total está na casa dos R$ 10 milhões. 

A situação estava gerando um clima desconfortável e os jogadores só queriam uma nova reunião quando o presidente Pedro Abad tivesse, enfim, um prazo estabelecido para colocar as contas em dia. Com o pagamento inicial, o ambiento ficou mais amistoso. A informação foi divulgada inicialmente pelo "Globoesporte" e confirmada pelo LANCE!

Entre os funcionários, a situação dos planos de saúde foi resolvida após o benefício ser suspenso. Porém, aqueles que recebem mais de R$ 5 mil ainda estavam com os pagamentos atrasados. Com a folha de julho quitada, apenas o mês de agosto segue pendente. 

Possíveis soluções

Uma das esperanças do Fluminense para conseguir desafogar as dívidas é a venda de jogadores do elenco ou que o clube tem apenas direito a porcentagem de transferência. É o caso de Richarlison. O atacante foi vendido pelo Watford ao Everton, ambos da Inglaterra, e o Flu estima ter direito a cerca de R$ 17 milhões.

Outro ponto é a negociação de João Pedro para o futebol inglês, que ainda depende da aprovação da federação do país. Caso o negócio vá para frente, o clube acredita que será possível quitar todas as pendências com o elenco e com os funcionários.