Fluminense Eduardo Oliveira

Fluminense enfrenta o Corinthians nesta terça-feira (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC) 

Marcello Neves
29/10/2018
16:31
Rio de Janeiro (RJ) 

Três jogos, duas goleadas. O Fluminense é um dos oito classificados para as quartas de final da Copa do Brasil Sub-17 e se destaca por ter o melhor ataque da competição: são 14 gols marcados em três partidas, uma média de 4,6 tentos por jogo. Estratégia de jogo ofensivo do técnico Eduardo Oliveira, que busca resgatar o "DNA Tricolor" no estilo da equipe, aliado a "geração de ouro" do clube. 

- O Fluminense tem um DNA ofensivo, de ter a bola, de buscar fazer a alegria do torcedor. Nada melhor que potencializar as jogadas de ataques, para finalizar mais vezes e fazer muitos gols pela partida. É o DNA tricolor, que buscamos estimular entre as partidas e buscar nos jogos - declara o treinador, antes falar sobre os destaques da equipe, como João Pedro e Marcos Paulo: 

- Nós temos jogadores técnicos no clube, a captação trabalha trazendo esse tipo de jogadores. Não só o sub-17, mas todas as categorias que dão oportunidade para que eles consigam se desenvolver. Com isso, a gente busca criar espaço nas equipes adversarias para explorar o nosso futebol ofensivo. Logicamente, temos jogadores se sobressaindo e fazendo muitos gols, casos do João Pedro e do Marcos Paulo. 

Falando em João Pedro,  o atacante é o artilheiro do Fluminense na competição e é parte importante em um dado impressionante: a equipe sub-17 tem roubado os holofotes dos torneios de base do país com 127 gols (média de 3,4 por partida) em 37 jogos nesta temporada. Eduardo Oliveira conta sobre como manter o atleta focado mesmo após a venda para o Watford (ING) ser confirmada. 

- João Pedro é um jogador que está conosco desde os 11 anos, vem trabalhando duro e conquistando espaço. Ele entende os processos, entende a profissionalização. Ele ta focado, ta consciente de que está evoluindo passo a passo. Ele vai evoluir e conquistar os espaços que ele merece através do trabalho no futebol profissional no Brasil e futuramente na Inglaterra. 

O Fluminense abre as quartas de final da Copa do Brasil Sub-17 contra o Corinthians - que tem conseguindo bons resultados na base -, na próxima terça-feira, às 16h em São Paulo. O Tricolor bateu o Cruzeiro na fase anterior e se classificou. Eduardo Oliveira comentou sobre o adversário e as suas expectativas para as partidas. 

- A Copa do Brasil é uma competição peculiar, só temos jogos contra equipes grandes. O Corinthians tem uma tradição na base muito interesse. Com o trabalho e o potencial que nós temos, acreditamos que podemos evoluir mais ainda e conquistar uma vaga à semifinal. Mas estamos pensando jogo a jogo e queremos sair melhor do que entramos com desempenho de alto nível e, consequentemente, a vitória.