Fluminense x Ceará Yuri

Yuri é o mais cotado para substituir Digão (Andre Melo Andrade/AM Press/Lancepress!)

Joel Silva
25/07/2019
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

A vitória sobre o Peñarol pela Copa Sul-Americana já é passado para o Fluminense. O foco agora está no Campeonato Brasileiro, na partida contra o São Paulo, sábado, no Maracanã. O Tricolor espera confirmar a retomada da confiança, vencer o confronto e deixar a zona de rebaixamento. Com 9 pontos, o time ocupa a 17ª posição.

O resultado positivo na última terça-feira serviu para amenizar a pressão. No entanto, devido aos desfalques, o Fluminense está longe de ter o favoritismo. As ausências estão em todos os setores da equipe, principalmente na defesa, com Digão e Frazan suspensos por terem sido expulsos no clássico contra o Vasco.

Com Matheus Ferraz e Leo Santos no departamento médico, Fernando Diniz vai ter que improvisar novamente o volante Yuri ao lado de Nino, uma vez que o zagueiro Luan, de 18 anos, recém-promovido da base, ainda nem estreou pelos profissionais.

Yuri e Nino atuaram juntos no empate em 1 a 1 com a Chapecoense, no último jogo antes da pausa para a Copa América. Antes, o volante já tinha sido improvisado na defesa, no empate com o Flamengo em 0 a 0. Na ocasião formou a zaga com Frazan.

Nenê fora e João Pedro é dúvida

No meio-campo, Nenê é o desfalque, por conta de um acordo feito em sua rescisão de contrato com o São Paulo. O jogador não vai poder enfrentar o ex-clube na atual temporada. Em compensação, Ganso vai poder jogar após cumprir suspensão na rodada passada, assim como Miguel que retorna de um período junto com a Seleção Brasileira Sub-17.

Já no ataque, João Pedro segue como dúvida para a partida, por estar se recuperando de uma torção no tornozelo direito. Entretanto, existe a possibilidade de recuperação, porém dificilmente deve voltar ao time como titular. Marcos Paulo, que o substituiu na vitória sobre o Peñarol, foi um dos destaques da partida e deve ser mantido na equipe. Companheiro de ataque, Yony opinou sobre os dois, mas ficou em cima do muro.

- João Pedro e Marcos Paulo são jogadores de muita técnica, mas com características diferentes. João Pedro é mais centroavante. Marcos Paulo jogou mais pela esquerda e fez um bom jogo, conseguiu dar assistência. Qualquer jogador que seja escalado para jogar, vai dar o melhor. Nos treinamentos vemos que ninguém dá nada por perdido. Todos estão preparados para jogar qualquer partida.