Evaristo de Macedo

Ex-técnico e jogador do Flamengo, Evaristo de Macedo compareceu às eleições do clube (Foto: Matheus Dantas)

Matheus Dantas
04/12/2021
13:45
Rio de Janeiro (RJ)

Lenda do futebol mundial, Evaristo de Macedo esteve na Sede da Gávea, nesta manhã, e cumpriu seu dever como associado do Flamengo, que elege um novo presidente para o triênio 2022/24 neste sábado. O ex-atacante e técnico, sem declarar o voto, reforçou a torcida para que o time siga na trajetória recente de títulos, lamentando as conquistas que não vieram na temporada de 2021.

- Já votei e espero que tenha acertado. Que o Flamengo continue nessa trajetória muito boa - afirmou Evaristo de Macedo, antes de completar:

- Títulos (sobre o que o Flamengo está precisando). Infelizmente desperdiçamos boas oportunidades, mas aprendemos na derrota também. Pode ser que, na próxima vez, consigamos comemorar - finalizou o ex-atacante do Flamengo.

Além de Rodolfo Landim, candidato à reeleição, Marco Aurélio Asseff, Ricardo Hinrichsen e Walter Monteiro estão na disputa do pleito presidencial do Flamengo.

Um dos primeiros desafios do próximo presidente é definir o técnico para a próxima temporada. Evaristo de Macedo, como todo conhecimento de causa de quem atuou por Flamengo, Barcelona e Real Madrid e dirigiu Grêmio, Cruzeiro e Vasco, entre outros tantos clubes, falou sobre a situação.

- Estou acompanhando. Hoje em dia, quem não quer ser treinador do Flamengo? Todos querem. O Flamengo precisa ser cauteloso, cuidadoso, na escolha de uma pessoa que realmente conheça o que é o Flamengo. Não o time, mas o Flamengo em si - afirmou, antes de responder se a preferência deveria ser um treinador brasileiro ou estrangeiro:

- Eu trabalhei no exterior, como técnico, por muito tempo, e os estrangeiros também têm o direito de atuar no futebol brasileiro.

Clique aqui e ganhe R$50 para jogar no Galera.bet