Ricardo Lomba (Avança Mais, Flamengo)

Lomba é o candidato da situação do Flamengo (Foto: Divulgação)

LANCE!
15/10/2018
22:34
Rio de Janeiro (RJ)

A eleição do Flamengo ganhou mais um capítulo na noite desta segunda-feira. A Comissão Jurídica do Rubro-Negro deu parecer negativo à candidatura de Ricardo Lomba, da "Chapa Azul - Avança Mais", que é o atual vice-presidente de futebol e o nome da situação, enquanto ele não se afastar das funções que ocupa na Receita Federal. A informação foi publicada, inicialmente, pelo site do "O Globo".

A Comissão Eleitoral terá o próximo dia 20 para analisar o registro da candidatura e tomar uma decisão final sobre o caso.

- Nosso parecer foi o da lei. Há impedimento, tem que licenciar para ser candidato. Como qualquer funcionário público em regime de dedicação exclusiva, exige-se que para ser candidato tem que se afastar. Opinião é técnica calcada na lei e nos pareceres do Ministério da Fazenda e Procuradoria da Fazenda - disse Marcus Faver, presidente da Comissão Jurídica, ao "O Globo".

A situação de Pedro Abad, presidente do Fluminense, foi usado como exemplo, uma vez que ele também é funcionário da Receita, mas, de acordo com a Comissão Jurídica, não se encaixa com o Flamengo.

Recentemente, Lomba garantiu que havia cumprido todos os trâmites exigidos pelo estatuto do Flamengo para que pudesse participar do pleito presidencial.

Em parecer inicial, a Comissão Jurídica já havia condicionado que apontava que a candidatura de Lomba estava condicionada a uma licença do cargo na Receita.