Flamengo desembarca no Rio sob protesto e confusão após eliminação na Libertadores

Rubro-Negro perde para o Olímpia, do Paraguai, nas oitavas de final e está fora da competição


Escrito por

Confusão, protesto, palavras de ordem, empurra empurra, brigas e gás de pimenta. Foi debaixo deste caos que o Flamengo desembarcou na madrugada desta sexta-feira, no Rio de Janeiro, após a eliminação para o Olímpia do Paraguai na Libertadores. Confira cada trecho da chegada da delegação rubro-negra no player acima.

O desembarque do Flamengo estava programado para às 4h50, no Salão Nobre do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. Foi por lá que muitos torcedores se concentraram ao arredor do ônibus rubro-negro para cobrar do clube por mudanças no futebol.

flamengo-desembarque
Torcida do Flamengo protesta no desembarque da equipe (Foto: Matheus Guimarães/Lance!)

No entanto, o Flamengo saiu pela área "normal" do desembarque. Tal fato causou irritação aos torcedores, que afirmaram para reportagem do Lance! que o clube estava tentando despistar.

O ônibus saiu do Salão Nobre do Galeão e se direcionou para a área de desembarque, o que irritou ainda mais os torcedores presentes. A partir daí começaram os gritos de ordem.

Alguns torcedores apenas protestaram. Já outros estavam com os ânimos mais exaltados. Com isso, a Polícia Militar tentou disperçar com spray de pimenta. E não foi só uma vez.

Quando o grupo que viajou para o Paraguai começou a sair, os torcedores do Flamengo começaram a hostilizar cada membro da delegação. Nenhnum nome foi poupado ou teve paz, sobretudo, o presidente Rodolfo Landim, o diretor executivo Bruno Spindel, o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, o técnico Jorge Sampaoli, o zagueiro David Luiz e o lateral-esquerdo Filipe Luís.

flamengo-desembarque2
Confusão entre torcedores e seguranças do Flamengo (Foto: Matheus Guimarães/Lance!)

O ônibus começou a tentar sair da área de desembarque e o grupo de torcedores impedia a passagem. Nada que não possa piorar. A Polícia Militar usou mais spray de pimenta, o que foi em vão. Isso porque o veículo foi se arrastando por quase 3 quilômetros até um posto de gasolina próximo ao aeroporto, onde conseguiu arrancar de vez.

A cobrança não vai parar no Galeão. A promessa é de "fazer o Maracanã um inferno" na próxima partida. O Flamengo entra em campo neste domingo (13) para enfrentar o São Paulo no Brasileirão.

News do Lance!

Receba boletins diários no seu e-mail para ficar por dentro do que rola no mundo dos esportes e no seu time do coração!

backgroundNewsletter