técnico português Paulo Sousa.

Paulo Sousa chega para o Flamengo com um contrato de duas temporadas (Foto: Reprodução/Instagram)

LANCE!
31/12/2021
05:55
Rio de Janeiro (RJ)*

O Flamengo já tem a comissão técnica para 2022 definida e, aos poucos, vai reformulando o seu departamento de futebol, conforme prometido. O técnico Paulo Sousa, que trará seis profissionais para trabalhar em conjunto, é aguardado para chegar ao Rio no dia 7 de janeiro, ou seja, na próxima sexta.

A reapresentação do elenco ocorrerá no dia 10, no Ninho do Urubu, mas Paulo Sousa já conversa com os seus auxiliares e com membros do departamento médico e da análise de desempenho do Fla, via videoconferência, a fim de otimizar conhecimento enquanto não tem os primeiros contatos com os atletas

Sousa terá portugueses, espanhóis e um italiano na comissão técnica, cuja reestruturação já atingiu Wagner Miranda, preparador de goleiros que foi demitido pelo Flamengo após a sua segunda passagem (veja mais aqui). 

Aliás, é bom destacar que uma das exigências da diretoria do Flamengo para contratar um treinador era que o técnico almejado tivesse uma comissão robusta e entrosada, sobretudo para intensificar a preparação do elenco, em todos os quesitos, o que ficou aquém na última temporada. E isso foi um ponto forte para que Paulo Sousa fosse recrutado. 

- Paulo é um grande treinador. Passou por países e clubes que capacitavam ele. Vem com uma comissão técnica acima da média e teve alguns pontos que nos deixou tranquilos. Foi a primeira pessoa que a gente fez as reuniões, que foram extensas, inclusive no segundo dia que chegamos em Portugal. Era uma decisão difícil pelo conjunto da obra, mas deixei por várias vezes e isso tem gravado, que o objetivo do Flamengo central era vim e contratar um técnico com uma comissão capacitada para tocar o Fla em 2022 - destacou Braz, em recente entrevista ao canal "TNT Sports". 

Confira detalhes e o currículo da comissão técnica de Paulo Sousa:

- Manuel Cordeiro (português) / Treinador adjunto - Trabalha com Paulo Sousa desde o Videoton (atual Fehérvár), da Hungria, ou seja, desde 2012. É responsável, sobretudo, pelo planejamento estratégico de acordo com os adversários. 

2021 – Treinador adjunto na seleção polonesa (com Paulo Sousa)
2019-2020 – Treinador adjunto no Girondins de Bordeaux (com Paulo Sousa)
2017-2018 – Treinador adjunto no Tianjin Quanjian (com Paulo Sousa)
2015-2017 – Treinador adjunto na Fiorentina (com Paulo Sousa)
2014-2015 – Treinador adjunto no Basel (com Paulo Sousa)
2013 – Treinador adjunto no Videoton (com Paulo Sousa)
2012-2013 – Treinador adjunto no Videoton (com Paulo Sousa)
2010-2012 – Treinador adjunto no Belenenses sub-19
2005-2010 – Treinador adjunto no Vitória de Setúbal

- Victor Sánchez (espanhol) / Auxiliar técnico - Bagagem adquirida principalmente nas categorias de base do Barcelona, cujo modelo de jogo prioriza a posse de bola. Trabalha com Paulo Sousa desde o Maccabi Tel Aviv, de Israel.

2021 – Auxiliar técnico na seleção polonesa (com Paulo Sousa)
2019-2020 – Auxiliar técnico no Girondins de Bordeaux (com Paulo Sousa)
2017-2018 – Auxiliar técnico no Tianjin Quanjian (com Paulo Sousa)
2014-2017 – Auxiliar técnico na Fiorentina (com Paulo Sousa)
2013-2014 – Auxiliar técnico no Maccabi Tel-Aviv (com Paulo Sousa)
2014-2015 – Auxiliar técnico no Basel
2009-2013 – Técnico no Barcelona (base)
2008-2009 – Técnico no Barcelona (base)
2006-2008 – Técnico no Barcelona (base)
2005-2006 – Assistente Técnico no Espanyol Barcelona

- Cosimo Cappagli (italiano) / Analista de desempenho - Trabalhará diretamente com Fabinho, gerente de inteligência e mercado, e outros analistas do Flamengo para preparar vídeos do time e de rivais, por exemplo. Cappagli está com Paulo Sousa desde a Fiorentina. 

2020-2021 – Analista da seleção polonesa (com Paulo Sousa)
2018-2020 – Analista do Bordeaux (com Paulo Sousa)
2018 – Analista do Tianjin Quanjian (com Paulo Sousa)
2015-2017 – Analista da Fiorentina (com Paulo Sousa)

- Antonio Gómez (espanhol) / Preparador físico - Com ampla bagagem em gigantes da Europa, como Liverpool e Barcelona, o espanhol chegará para ser preparador físico e um elo entre o departamento de futebol e departamento médico. Se juntará a outros auxiliares do Fla - aliás, vale citar que Alexandre Sanz, preparador da comissão técnica, será remanejado da função e não exercerá mais trabalho no dia a dia do campo.

2021 – Preparador físico na seleção polonesa (com Paulo Sousa)
2016-2020 – Preparador físico no Barcelona
2012-2016 – Preparador físico no Barcelona
2009-2011 – Preparador físico no Ipswich Town
2008-2009 – Preparador físico no Sunderland
2006-2008 – Preparador físico no Liverpool
2004-2005 – Preparador físico no Cartagena
2003-2004 – Preparador físico no Lleida Esportiu
2000-2003  – Preparador físico no Real Murcia

- Lluis Sala (espanhol) / Preparador físico - Está com o português desde o Bordeaux e será responsável diretamente por cargas individuais dos jogadores.

2021 – Preparador físico na seleção polonesa (com Paulo Sousa)
2019-2020 – Preparador físico no Bordeaux (com Paulo Sousa)
2014-2019 – Preparador físico no Girona

- Paulo Grilo (português) - Preparador de goleiros -
 Está com Paulo Sousa desde o trabalho no Bordeaux, da França. Grilo trabalhará com Thiago Eller, que, diferente de Wagner Miranda, tende a seguir como preparador de goleiros do time profissional. O português tem ampla experiência na função; confira:

2021 - Preparador de goleiros da seleção polonesa (com Paulo Sousa)
2018-2020 – Preparador de goleiros do Bordeaux (com Paulo Sousa)
2017 – Preparador de goleiros da seleção da Índia (base)
2016 – Preparador de goleiros do Orlando City
2014-2015 – Preparador de goleiros do Philadelphia Union
2013-2014 – Preparador de goleiros do CSKA Sofia
2012-13 – Preparador de goleiros do Tractor 
2010-2011 – Preparador de goleiros do Al-Itthiad
2010 – Preparador de goleiros da seleção de Cabo Verde
2009 – Preparador de goleiros do Al-Sharjah 
2007-2008 – Preparador de goleiros- Etiffaq 

*Matéria atualizada em 8 de janeiro, às 10h30
O português César Andrade (auxiliar na parte tecnológica) alegou questões pessoais, declinou o convite e não fará mais parte da comissão técnica do Fla.