Torcida - Flamengo x Defensa y Justicia

Jogo do Fla com torcida foi o primeiro da Libertadores nesta temporada (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

LANCE!
22/07/2021
18:43
Rio de Janeiro (RJ)

Depois de exatos 497 dias sem atuar com público, o Flamengo reencontrou a sua torcida no jogo da última quarta-feira, diante do Defensa y Justicia-ARG, eliminado nas oitavas de final da Libertadores após um imponente 5-1 no agregado favorável aos rubro-negros. E, nesta quinta, o clube fez uma postagem em agradecimento ao Governo Federal e vibrou com o primeiro jogo com torcedor no estádio - Mané Garrincha - desde o início da pandemia. 

- Foi uma noite inesquecível, não só para a torcida do Flamengo, mas, principalmente, para o futebol brasileiro. Com um trabalho em que seguimos todos os protocolos de segurança, a partida contra o Defensa y Justicia, pelas oitavas de final da Conmebol Libertadores, se tornou um marco na volta do público aos estádios brasileiros, após quase 500 dias de arquibancadas vazias - postou o Rubro-Negro nas redes sociais, emendando:

- A festa no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, marcou o retorno gradativo daquele que é o principal artista dos estádios: o torcedor. Este sucesso só foi possível graças ao apoio que sempre tivemos do Governo Federal, do Governo de Brasília, da Conmebol e da fantástica Nação Rubro-Negra. A todos eles, nosso maior agradecimento. Vamos juntos seguir trabalhando pela alegria do torcedor, pelo fortalecimentos dos clubes e por um futebol brasileiro ainda mais vencedor.

+ GALERIA: veja imagens da festa da torcida do Flamengo no Mané Garrincha

O Flamengo atuou para cerca de 5.500 torcedores em Brasília, cujo governo local autorizou a presença do público mediante a restrições. Cabe destacar que Jair Bolsonaro, presidente da República, esteve presente no jogo de ontem, assim como Cláudio Castro, governador do Rio - e outros políticos

Ambos ouviram pessoalmente da direção do Flamengo o lobby pela liberação das torcidas nos estádios. Mas é diretamente com a Prefeitura (Secretaria Municipal de Saúde), agora com relatórios acerca da experiência em Brasília e alguns ajustes, que a ideia voltará a ser debatida com afinco nos bastidores em prol da permissão local para que o jogo de volta das quartas da Libertadores seja com torcida no Maracanã, amparada à autorização da Conmebol.

+ Caminho até Montevidéu: veja o chaveamento completo da Libertadores

O público em Brasília não foi o esperado pelo Flamengo, que aguardava cerca de 15 mil rubro-negros no Mané Garrincha. Acredita-se que, no Rio e com mais tempo para os flamenguistas se organizarem e adquirirem ingressos, haverá uma presença maciça do torcedor - dentro de uma liberação parcial, diga-se.

Agora, a Libertadores fica de lado na programação pois a próxima missão é pelo Campeonato Brasileiro. O rival da vez será o São Paulo, neste domingo, às 16h, no Maracanã e pela 13ª rodada - confira a tabela completa aqui.