Protesto da torcida do Cruzeiro em Confins (Foto: Reprodução / TV Globo Minas)

Protesto da torcida do Cruzeiro contra as denúncias de irregularidades e pela saída de Itair Machado- (Foto: Reprodução / TV Globo Minas)

Valinor Conteúdo
13/06/2019
18:14
Belo Horizonte

O momento do Cruzeiro dentro e fora de campo tem incomodado toda a torcida celeste, que está preocupada com o futuro da equipe. E, a insatisfação foi convertida em protesto, elaborado pela Máfia Azul, maior organizada do clube, que se reuniu na porta da sede administrativa do clube na tarde desta quinta-feira, direcionando palavras de ordem à diretoria e principalmente ao vice de futebol, Itair Machado.

O contraditório no protesto da Máfia Azul é que ela faz parte do pacote de denúncias veiculadas pelo programa “Fantástico”, da TV Globo, por ter um contrato de repasse mensal do clube para a organizada no valor de 8 mil reais por serviços de publicidade, o que também gerou estranheza interna.

Itair foi o principal alvo dos protestos, pedindo a sua saída pelas acusações que o clube vem sofrendo, tendo o dirigente como um dos principais focos das denúncias, por por pagamentos suspeitos, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

Os torcedores citaram nos cantos entoados também o diretor geral, Sérgio Nonato, com frases do tipo: “Fantástico falou e ele tem razão, diretoria de ladrão" e "Itair ladrão, pede demissão”.