Fred superou a defesa americana em três oportunidades, deixando sua marca no ex-clube

Fred superou a defesa americana em três oportunidades, deixando sua marca no ex-clube- Mourão Panda/América-MG

Valinor Conteúdo
31/03/2019
18:49
Belo Horizonte

A tarde deste domingo foi especial para o atacante Fred. Ele não marcava três gols desde o dia 13 de abril de 2017, quando ainda jogava pelo Atlético-MG. O camisa 9 cruzeirense fez quatro pelo Galo contra o Sport Boys-BOl, na Libertadores daquele ano.

Fred escolheu justamente o seu ex-clube para voltar a deixar três gols em uma mesma partida. O atacante também já havia deixado sua marca no Coelho no dia 19 de fevereiro de 2017, quando marcou três vezes na goleada do Atlético-MG sobre o América-MG, pelo mineiro daquele ano. Foi o terceiro “hat trick” de Fred sobre o time americano.

A trinca de tentos anotados por Fred contra o Coelho, deixou o Cruzeiro muito perto da vaga para outra final de Campeonato Mineiro e mais: colocou o centroavante na liderança da artilharia do Estadual com dez gols, dois a mais do que Alerrandro, do Atlético-MG.

Fred falou sobre o dia especial ao ser o comandante da vitória estrelada no clássico diante da equipe americana, que depois dos 3 a 2, terá de vencer o time de Mano Menezes por dois gols de diferença para conseguir avançar à final do Campeonato Mineiro 2019.

-Eu gosto de jogar no Independência, desde o meu começo no América-MG. Foi uma partida especial para mim. Marcar três gols em um clássico. Estou muito feliz pela vitória, pois aumentamos nossa vantagem e vamos levar para a nossa casa-disse em entrevista à TV Globo.

Questionado sobre o que almeja na temporada 2019, Fred foi sucinto: ser decisivo para a equipe estrelada, O jogador não esqueceu dos companheiros , que o deixaram na cara do gol, e fez elogios aos colegas.

-Eu quero ser o máximo decisivo para o time. Estamos no início de temporada e perto da decisão do mineiro. Peço sempre a Deus para me livrar das lesões, marcando os gols para ajudar o Cruzeiro e claro, agradecendo os meus companheiros que deram os passes açucarados-completou o artilheiro.