Lucas Romero voltará à sua posição de origem, no meio de campo, após "quebrar um galho" para Mano Menezes na lateral-direita

Romero jogou 152 vezes pelo Cruzeiro e agora vai defender o Independiente-ARG- (Bruno Haddad/Cruzeiro)

Valinor Conteúdo
01/08/2019
17:45
Belo Horizonte

Após uma pequena "novela, o volante Lucas Romero não vai mais jogar pelo Cruzeiro. O Cruzeiro se acertou com o Indepediente-ARG e confirmou a venda do jogador para a equipe argentina na tarde desta quinta-feira, 1º de agosto.

Romero se despede da Raposa por um desejo pessoal, pois quer ficar perto da filha, prestes a nascer, que está no seu país natal. Seu último jogo pelo time mineiro foi a eliminação na Libertadores para o River Plate-ARG, na terça-feira, 30.

A oficialização dos valores e a parte burocrática do negócio deverá acontece nas próximas horas, com os dois clubes se pronunciando sobre o caso.

O volante era considerado peça importane no meio de campo da Raposa, que tem Ariel Cabral e Jadson como candidatos a assumirem o seu lugare entre os titulares. A venda do jogador deve girar em torno de 2 milhões de dólares por 50% dos seus direitos econômicos mais o perdão da dívida da Raposa com o Independiente na compra de Matías Pisano, de 600 dólares. O pagamento será à vista, como queria o Cruzeiro desde que se iniciaram as negociações.

A conclusão do negócio demorou, pois o Independiente não queria aceitar a proposta do Cruzeiro de receber o dinheiro da transação á vista, preferindo parcelar. P desejo do jogador de voltar à sua terra influenciou para que finalmente fosse concluída negociação entre brasileiros e argentinos.

Romero chegou ao Cruzeiro em 2016, vindo do Vélez Sarsfield e disputou 152 partidas, como volante e mostrando versatilidade, se saindo bem como lateral-direito.
Ao todo, foram quatro títulos, dois Mineiros e duas Copas do Brasil, se tornando peça fundamental do elenco estrelado.