Alexandre Guariglia
02/09/2020
17:44
São Paulo (SP)

O noticiário do Corinthians ficou agitado no início desta tarde de quarta-feira, após o ex-jogador Edilson Capetinha, comentarista do programa "Os Donos da Bola", da Band, informar que os jogadores do Timão estariam dispostos a entrar em greve por conta dos atrasos salariais, o que provocou o elenco a se manisfestar, criticar a informação e negar qualquer chance de paralisação.

Em meio à concentração em Goiânia para o jogo desta noite, às 19h15, diante do Goiás, pela sétima rodada do Brasileirão-2020, os corintianos liderados por Cássio se reuniram para gravar um vídeo, disponibilizado nas redes sociais, para falar que o que foi divulgado por Edilson é uma "grande mentira" e que não há possibilidade de greve. O goleiro ainda falou em falta de respeito.

- Fala Fiel, estamos aqui neste momento, infelizmente, estamos concentrados para um jogo tão importante, para falar de um assunto chato, uma grande mentira. Estão falando que nós jogadores estamos querendo fazer greve por conta de salários atrasados, é uma grande mentira, uma grande falta de respeito, com nós jogadores e com nossas famílias. Somos jogadores de caráter, sempre honramos a camisa do Corinthians, a gente não aceita esse tipo de mentira, é uma mentira que só atrapalha o clube. As pessoas que estão falando, no meu ponto de vista, só querem conturbar o ambiente e isso é uma grande mentira - disse o camisa 12 sem citar nomes.

Segundo apurou o LANCE!, o elenco do Corinthians está com três meses de salários atrasados, que podem chegar a quatro, caso o vencimento deste mês não seja pago pelo clube. Mesmo assim, também de acordo com a reportagem, em momento algum a greve foi cogitada. Diretoria e jogadores conversam constantemente sobre o assunto e sabem da dificuldade pela qual a instituição passa. A tendência é que até o fim desta semana parte do debito seja quitado.

Elenco Corinthians Nega Greve
Elenco do Timão se pronuncia (Foto: Reprodução/Instagram Cássio)