Corinthians x Ceará Ralf

Ralf errou em recuo de bola (Foto: Luis Moura/WPP/Lancepress!)

Guilherme Amaro
04/04/2019
01:01
São Paulo (SP)

O recuo de bola errado que resultou na expulsão de Cássio vai fazer parte dos sonhos (ou pesadelos) de Ralf na noite seguinte à derrota por 1 a 0 para o Ceará, pela Copa do Brasil. Após a partida, o volante admitiu que ficará "martelando" o lance. Mesmo com o resultado negativo, o Timão se classificou para a terceira fase da Copa do Brasil, porque havia vencido a ida por 3 a 1.

- Até pela questão do campo (que está com falhas), não é desculpa, mas foi um momento que o atacante estava vindo, tentei recuar para o Cássio, peguei mal na bola, o atacante foi mais esperto e aproveitou. Quando erra, erram todos. Quando acerta, acertam todos. Estou aqui para pedir desculpas, errei. Com um a menos é difícil, tivemos forças, mas levamos um gol. Agora é continuar trabalhando e só pensar no Santos - afirmou Ralf, que disse ter pedido desculpas ao elenco.

- Pedi (desculpas) toda hora. Vou dormir com isso na cabeça. Tem que pedir. Somos seres humanos, estamos sujeitos a erros. Foi uma fatalidade. Fica martelando. Você acaba pensando nisso. Mas classificamos, independentemente do resultado adverso - disse o volante.

Ralf foi defendido pelos jogadores e também pelo técnico Fábio Carille, que minimizou o erro e disse que não dará bronca.

- Não (darei bronca), trabalho com jogadores inteligentes, sabem que essa bola não tem que ser recuada dessa forma. Erros acontecem. Eu erro numa escalação, substituição, de pensar em alguma coisa e não acontecer. Tem muito crédito, não só ele, o grupo todo - declarou o treinador.