Emerson Sheik

O atacante Emerson Sheik será titular do Timão no clássico com o Santos e falou sobre o momento delicado do clube no Brasileirão (Maurício Rummens/Fotoarena Agência Lancepress!)

Yago Rudá
13/10/2018
06:45
São Paulo (SP)

Focado em conquistar a Copa do Brasil e encerrar a temporada 2018 com dois títulos em sua galeria de troféus, o Corinthians vive momento delicado no Brasileirão. Há três partidas sem vitória, a equipe começa a flertar com o risco de rebaixamento na competição por pontos corridos. Atualmente na décima posição na tabela, o Timão possui 35 pontos, apenas cinco a mais que o Ceará - o primeiro dentro da zona da degola. Neste sábado, às 19h, os reservas do Alvinegro medem forças com o Santos para quebrarem a incômoda situação.

Após terminar o primeiro turno como o sétimo melhor time do país, o Corinthians sofreu uma alta queda de rendimento após a parada da Copa do Mundo. Considerando as partidas do returno do Brasileirão, o time do Parque São Jorge somou apenas nove dos 27 pontos disputados. O baixo aproveitamento (33,3%) coloca o Timão como uma das quatro piores equipes na segunda metade da competição. Por isso, o discurso é de mudança.

- O incômodo é por conta da grandeza do clube. O clube tem uma história tão linda que é inaceitável estar na condição de hoje. Estamos bem confiantes de que nada de pior possa acontecer, mas estamos próximo dali (referindo-se à zona de rebaixamento). É um grupo extremamente qualificado e estamos confiantes de que não acontecerá o pior - argumentou Emerson Sheik, um dos titulares do Corinthians no clássico deste sábado, contra o Santos.

A disputa da Copa do Brasil tem um peso grande nesta equação. Isto porque, o time passou a priorizar a competição mata-mata em detrimento do Campeonato Brasileiro nas últimas rodadas. O Corinthians tem a possibilidade real de conquistar mais um título no ano e, por isso, foca todas as suas atenções no jogo da próxima quarta, contra o Cruzeiro, em sua arena. Como consequência deste momento, a comissão técnica comandada por Jair Ventura optou por poupar os titulares e escalar os reservas em alguns jogos. Contra o Santos, mais uma vez, o Timão vai com um time alternativo.

Sendo assim, a provável equipe que inicia o duelo no Pacaembu tem Walter; Pedro Henrique, Léo Santos, Marllon e Carlos Augusto; Araos e Douglas; Pedrinho, Mateus Vital, Emerson Sheik e Jonathas. Como os relacionados não foram divulgados por decisão do clube, não está descartada a entrada de mais um ou outro titular nesta escalação.

Afinal, embora o time brigue pelo título da Copa do Brasil, que vale R$ 50 milhões e ainda uma vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores, o Campeonato Brasileiro não pode ser deixado de lado. Dependendo do resultado contra o Santos e também do desempenho dos outros clubes nesta rodada, o Corinthians pode iniciar a próxima semana com apenas dois pontos de vantagem para a primeira equipe na zona de rebaixamento. É melhor abrir o olho antes de que seja tarde demais.