Gum

Marcio Cunha/Chapecoense

LANCE!
13/05/2019
17:30
Futebol Latino

Na manhã do último domingo, Gum voltou ao Maracanã. Atualmente na Chapecoense, o zagueiro reviveu seus momentos com a camisa do Fluminense, clube o qual defendeu por 10 anos e ainda marcou um gol em cima do Flamengo, no jogo que marcou a segunda derrota do Verdão no Brasileirão.

Emocionado com o feito, o defensor falou sobre o carinho que tem com a cidade do Rio de Janeiro e a relação com o maior estádio do país.

‘Jogar aqui é especial para mim. Foram muitos anos, já foi a minha primeira casa e agora é a segunda. É um prazer imenso voltar e jogar. Apesar de ser minha segunda casa, eu me sinto em casa pela cidade, muitos amigos e pessoas conhecidas. Jogar contra o Flamengo sempre é diferente, mas saio muito chateado pela partida. Poderíamos ter momentos melhores no jogo. Ter sofrido o gol no começo, em se tratando do Flamengo, é difícil. No fim fui premiado com o gol, mas foi no fim e não conseguimos um resultado melhor. A intenção era vencer e depois, por circunstâncias do jogo, poderíamos ter saído com o empate. Mas agora é ir para casa, ficar chateado e melhorar alguns pontos’, declarou na saída de campo.

Apesar do momento especial, Gum e Chapecoense ligam o sinal de alerta. Após quatro rodadas, a equipe venceu apenas um duelo e soma quatro pontos. No fim de semana, o adversário é o Fortaleza, na Arena Condá.

placeholder