Felippe Cardoso apresentado no Ceará

Foto: Marcelo Vidal/CearáSC

Futebol Latino
09/07/2019
15:16
Fortaleza (CE)

Chegando para uma função onde o Ceará já liberou em 2019 os experientes Roger (agora na Ponte Preta) e Ricardo Bueno (contratado pelo CSA), o centroavante Felippe Cardoso realizou nessa terça-feira (9) a sua apresentação oficial como reforço do Alvinegro de Porangabuçu.

Vindo por empréstimo do também Alvinegro Santos até o fim do ano, o atleta de 20 anos de idade comentou sobre a falta de sequência no clube paulista em muito por uma lesão que possuía na região do púbis bem como a sensação de poder voltar aos trabalhos sem dores:

 - Tive um problema de pubalgia (lesão no púbis). Quando fui contratado pelo Santos, eu estava machucado. Eu vim para cá já curado, sem sentir dor. Treinei um mês separado. Acho que quando você volta para o campo, com os jogadores, você sente, mas já estou há uma semana treinando, estou me sentindo bem, já estava até com saudade de fazer gol nos treinos, mais ansioso ainda para fazer em jogos. Espero que possa dar tudo certo, que eu possa conquistar meu espaço com muita humildade e pé no chão.

Apesar da responsabilidade em assumir postura de artilheiro, Felippe garante que tem versatilidade suficiente para exercer outras funções do plano ofensivos, caso necessário.

- Não sou aquele centroavante que fica só fixo, às vezes eu saio da área, tenho a facilidade de fazer um, dois (troca de passes). Por ser alto, sou rápido, tenho uma finalização boa, sou muito bom também nessa primeira bola que vem pelo alto e me ajuda dentro de campo. Por onde Enderson optar por me jogar, estarei à disposição dele para fazer um bom trabalho - agregou o reforço do Ceará.

Perto de novo goleiro

Além da chegada de Felippe Cardoso, uma contratação por empréstimo para o gol parece estar bem encaminhada.

Segundo informação do portal Globo Esporte, Lucas França, que pertence ao Cruzeiro e estava no Nacional (POR) na última temporada, já estaria em Fortaleza para finalizar a parte burocrática e assinar contrato para ser devidamente anunciado. O vínculo deve ter duração até maio de 2020.