Mirassol x Bragantino

FOTO: Ari Ferreira

Futebol Latino
27/01/2022
22:05
Bragança Paulista (SP)

Pela 1ª rodada do Campeonato Paulista, no estádio Municipal de Mirassol, o Mirassol estreou com o pé direito e venceu bem o Red Bull Bragantino pelo placar de 3 a 1. A vitória começou a ser construída logo na primeira etapa com o gol de Fabricio Daniel. No segundo tempo, o Mirassol não deu sopa para o azar e ampliou com dois gols de Zeca: 3 a 0. O Massa Bruta foi para cima no fim do jogo e conseguiu diminuir o placar com Bruno Tubarão: 1 a 3.

Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

CALENDÁRIO
Na próxima rodada, o Mirassol visita o Novorizontino, em jogo que será realizado no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte, no dia 30 de janeiro. No dia seguinte, o Red Bull Bragantino recebe o Guarani, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

PRIMEIRO TEMPO

MIRASSOL ASSUSTA NO COMEÇO DO JOGO

O Mirassol foi quem tomou a iniciativa da partida e quase marcou duas vezes com Negueba. Na primeira, o chute do atacante passou muito perto do ângulo do gol de Cleiton. Na segunda oportunidade, o atacante dividiu com o goleiro do Massa Bruta, mas Aderlan fica com a sobra e afasta o perigo.

JOGO CAI DE RENDIMENTO
Após o início de boas chances criadas pelo Mirassol, a partida caiu muito de rendimento. O jogo passou ficar bastante concentrado no meio de campo e sem as duas equipes criarem oportunidades de perigo.

RB BRAGANTINO ASSUSTA, MAS QUEM FAZ O GOL É O MIRASSOL
Apesar do jogo morno, o Mirassol era quem tentava mais buscar o gol. O Red Bull Bragantino quase não atacava, mas quando teve oportunidade por pouco não abriu o placar em lance de bola parada. Leandrinho levantou a bola na área, Léo Ortiz cabeceou buscando o canto, a bola passou lambendo a trave e não entrou.

O quase gol do Massa Bruta não intimidou o Mirassol, que continuou melhor na partida e buscando o gol. A insistência foi recompensada com aos 37 minutos da etapa inicial. Negueba cruzou, a defesa do Bragantino afastou mal, Fabricio Daniel aproveitou e finalizou forte para marcar: 1 a 0.

SEGUNDO TEMPO
ETAPA FINAL COMEÇA LÁ E CÁ

Os dois times voltaram do intervalo ligados no 220. Em menos de 10 minutos do segundo tempo, Mirassol e Red Bull Bragantino criaram boas chances para marcar. Mas Fabricio não conseguiu finalizar bem para ampliar, e Leandrinho e Alerrandro perderam ótimas oportunidades de igualar o placar.

MIRASSOL MATA O JOGO EM QUATRO MINUTOS
Assim como aconteceu na primeira etapa, o Mirassol não ficou intimidado com as oportunidades criadas pelo ataque do RB Bragantino, foi para cima e conseguiu um pênalti, em lance que o jogador do massa Bruta cortou a bola com a mão. Camilo bateu o pênalti, mas Cleiton espalmou. No rebote, Zeca aproveitou para fazer: 2 a 0, aos 14 minutos.

O Red Bull Bragantino não teve tempo nem de assimilar o segundo gol e já tomou o terceiro. Aos 18 minutos, em contra-ataque, Zeca recebeu passe em profundidade, deixou a marcação para trás e finalizou com maestria: 3 a 0.

MASSA BRUTA DIMINUI PLACAR NO FIM, MAS MIRASSOL VENCE O JOGO
Com a larga vantagem, o Mirassol passou a administrar o resultado. O RB Bragantino aproveitou e foi para cima para tentar diminuir o prejuízo. A insistência do Massa Bruta foi recompensada! A bola sobrou para Bruno Tubarão, que acertou um belo chute e diminuiu o marcador: 1 a 3. Mas já era tarde para uma reação.

FICHA TÉCNICA
MIRASSOL X RED BULL BRAGANTINO
Local
: Municipal de Mirassol, em Mirassol (SP)
Data e hora: 27/01/2022 - 20h (de Brasília)
Árbitro: Salim Fende Chavez
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Fabrini Bevilaqua Costa
VAR: Adriano de Assis Miranda
Cartões amarelos: Rafael Oller e Zeca (Mirassol); Léo Ortiz e Alerrandro (Red Bull Bragantino)
Cartões vermelhos: -
GOLS: Fabrício Daniel (37'/1ºT) (1-0); Zeca (14’/2ºT) (2-0); Zeca (18’/2ºT) (3-0); Bruno Tubarão (46’/2ºT) (3-1)

MIRASSOL (Técnico: Eduardo Baptista)
Darley; Rodrigo Ferreira, Thalisson Kelven, Rayan (Lucão, aos 34’/2ºT)e Pará; Luís Oyama, Neto Moura e Camilo (Rafael Silva, aos 17’/2ºT); Negueba (Rafael Oller, aos 25’/2ºT), Fabrício Daniel (Ivan, aos 34’/2ºT) e Zeca (Fabinho, aos 34’/2ºT).

RED BULL BRAGANTINO (Técnico: Mauricio Barbieri)
Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Luan Cândido; Jadsom Silva, Eric Ramires e Praxedes (Miguel, aos 35’/2ºT); Helinho (Gabriel Novaes, aos 35’/2ºT), Leandrinho (Bruno Tubarão, aos 20’/2ºT) e Alerrandro (Hurtado, aos 20’/2ºT).