David Nascimento
12/10/2019
23:05
São Paulo (SP)

Em ritmo de feriado em pleno fim de semana, o Palmeiras recebeu o Botafogo na noite deste sábado, no Pacaembu. Sem inspiração, mas também sem dificuldade, o time comandado pelo técnico Mano Menezes saiu de campo com a vitória por 1 a 0. O gol, marcado no início do duelo por Thiago Santos, fez os paulistas voltarem a se aproximar da liderança do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro, por sua vez, em crise, aguarda a estreia de Alberto Valentim, novo treinador, no meio da semana.

Com o resultado, o Palmeiras chegou a 50 pontos, assumindo a segunda colocação do Campeonato Brasileiro - terá que torcer para o Santos não vencer o Internacional neste domingo para se manter na posição. O Botafogo ficou em 12º, com 30 pontos. Pela competição, ambas as equipes voltam a campo na quarta. Enquanto o Verdão recebe a Chapecoense, o Alvinegro visita o Vasco.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

O BÁSICO PARA O GOL
Diante de um Botafogo repleto de desfalques, o Palmeiras, sem pressa, foi chegando aos poucos ao ataque. Com o passar dos minutos, a estratégia montada por Mano Menezes superava a do Bruno Lazaroni - o placar refletia este panorama. Aos 14 minutos do primeiro tempo, o gol da vitória na partida era marcado: Thiago Santos tabelou com Gustavo Scarpa, invadiu a área e estufou as redes defendidas por Diego Cavalieri. Bonito gol que colocou o Verdão à frente do marcador.

SEM INSPIRAÇÃO
Após sair na frente, o Palmeiras passou a administrar a partida. Tecnicamente, a equipe - assim como o Botafogo - não mostrava uma efetiva inspiração. Até o intervalo, Gustavo Scarpa e Zé Rafael ainda levaram um certo perigo, mas nada mais além disso. O Verdão sofria para sair jogando na troca de passes, enquanto o Alvinegro não finalizava, ameaçando bem pouco o gol defendido por Fernando Prass. Este panorama não iria mudar muito para os 45 minutos finais do duelo.

VAR EM AÇÃO
Na volta para o segundo tempo, como dito no tópico anterior, as equipes seguiam sem construir da melhor forma, pecando bastante na criação. O Palmeiras, com um elenco superior em comparação com o do Botafogo, contava com jogadas individuais para tentar resolver o duelo, já que a vitória estava com um placar mínimo. Bruno Henrique e Gustavo Scarpa chegaram, mas Diego Cavalieri foi bem para evitar uma derrota elástica dos cariocas - o primeiro chegou a marcar aos 43, mas a arbitragem anulou corretamente, com o vídeo confirmando. Vitória do Palmeiras por 1 a 0, justo pelo apresentado em ambos os lados.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 X 0 BOTAFOGO


​Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/hora: 12/10/2019 - 21h (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS) - Nota LANCE!: 6,5 (não teve muito trabalho, mas acertou nos principais lances)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)
Árbitro de vídeo: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Gramado: Bom
Público/renda: 19.028 pagantes/21.010 presentes/R$ 578.605,00
Cartões amarelos: Luan, Thiago Santos (PAL) e Fernando, Joel Carli (BOT)
Cartão vermelho: -

GOL: Thiago Santos 14'/1ºT (1-0)

PALMEIRAS: Fernando Prass, Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Matheus Fernandes 36'/2ºT), Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Dudu, Zé Rafael (Lucas Lima 30'/2ºT) e Deyverson (Henrique Dourado 24'/2ºT). Técnico: Mano Menezes.

BOTAFOGO: Diego Cavalieri, Fernando, Joel Carli, Gabriel e Gilson (Igor Cássio 12'/2ºT); Alan Santos (Marcos Vinícius 37'/2ºT), Gustavo Bochecha e João Paulo (Yuri 4'/2ºT); Leonardo Valencia, Luiz Fernando e Vinicius Tanque. Técnico: Bruno Lazaroni.