Vinícius Faustini
27/04/2019
18:10
São Paulo (SP)

O São Paulo chegou a lidar com algumas oscilações, mas soube garantir um pontapé inicial promissor no Brasileirão 2019. Em jogo marcado pela reestreia de Alexandre Pato e pelas estreias de Tchê Tchê e Vitor Bueno, o Tricolor paulista derrotou um frágil Botafogo por 2 a 0, neste sábado. Everton e Hudson marcaram os gols do confronto.

Após a vitória, a equipe de Cuca voltará a campo pela competição para enfrentar o Goiás, na próxima quarta-feira, no Serra Dourada. Já o Botafogo medirá forças com o Bahia, às 21h30.

Trancos e barrancos
Os erros e até a rispidez ditaram o início de partida no Brasileirão. Mesmo rondando a área adversária, o São Paulo era previsível na troca de passes e não assustava Gatito Fernández. Já o Botafogo tentava fechar os espaços o quanto podia (às vezes, recorrendo à violência), mas seus contra-ataques se esvaíam em conclusões de fora da área.

Cabeça fria
Investindo mais em jogadas pelas pontas, o Tricolor paulista teve cabeça fria até abrir o marcador. Igor Vinícius já cruzara para Pato estufar a rede, mas o gol foi anulado (corretamente) por impedimento. Em seguida, Everton viu Gatito Fernández desdobrar-se para evitar tentativa de Hudson. Contudo, a insistência pelo alto foi premiada aos 40. Após receber de Tchê Tchê, Antony alçou da direita e Everton surgiu em meio à zaga para marcar.

Jogo perigoso...
O São Paulo até teve uma volta de intervalo promissora. Pato avançou como quis pela esquerda e serviu Tchê Tchê, mas Gatito Fernández esticou-se para salvar. No entanto, a equipe de Cuca logo esbarrou na lentidão, diante de um Botafogo que viu Cícero exigir Tiago Volpi e passou a rondar com perigo a área, em especial, após a entrada de Luiz Fernando.

Nos trilhos da vitória
Coube a Cuca mudar o panorama da partida com suas alterações. Em sua primeira jogada após entrar em campo, Toró (estreando entre os profissionais) livrou-se da marcação e bateu rente à trave. Em seguida, Hernanes encontrou Antony pela direita. O camisa 39 tentou retribuir e Carli fez Gatito se esticar para evitar gol contra. Mas, no lance seguinte, o Glorioso não teve chances. Tchê Tchê abriu caminho pela esquerda e achou Hernanes. O Profeta deixou a bola para Hudson, que bateu rasteiro e ampliou. Em jogo repleto de estreias, o São Paulo sai de campo com um alento de que pode evoluir. Já o Botafogo terá muito o que evoluir, em especial no seu poderio ofensivo.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 2x0 BOTAFOGO

Data-Hora:
27-04-19 - 16h
Estádio: Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN) Nota L!: 7,0 - Anulou corretamente o gol de Alexandre Pato. Conduziu bem a partida.
Assistentes: Guilherme Camilo (FIFA) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
Renda / Público: R$ 1.011.231,00 / 26.533 torcedores
Cartões amarelos: Jonathan, João Paulo, Rodrigo Pimpão, Carli (BOT)

Gols: Everton, 40, 1º T (1-0) e Hudson, 37, 2º T (2-0

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Hudson, Tchê Tchê (Vitor Bueno, 42, 2º T) e Igor Gomes (Hernanes, 18, 2º T); Antony, Alexandre Pato (Toró, 30, 2º T) e Everton. Técnico: Cuca

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Marcinho, Gabriel, Joel Carli e Jonathan; Wenderson (Luiz Fernando, 11, 2º T), Gustavo Bochecha (Gustavo Ferrareis, 31, 2º T), João Paulo (Leo Valencia, 31, 2º T) e Cícero; Rodrigo Pimpão e Erik. Técnico: Eduardo Barroca