Julia Mazarin
16/04/2022
18:32
São Paulo (SP)

Na tarde deste sábado (16), o Palmeiras empatou com o Goiás por 1 a 1, no Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia, pela segunda rodada do Brasileirão. Com equipe praticamente completa, o Verdão conseguiu o primeiro ponto na competição com um gol nos instantes finais. Caio colocou os mandantes na frente em um lance controverso, e Rony buscou a igualdade.

GALERIA

> Confira O Dia do Mercado!

GUIA DO BRASILEIRÃO

> Multicampeão, Palmeiras vai buscar título inédito na era Abel Ferreira

Verdão entrou ligado e fez um primeiro tempo seguro defensivamente

Logo aos cinco minutos de jogo, foi possível notar que o Palmeiras iria buscar o resultado que não ocorreu na primeira rodada do Brasileiro - derrota para o Ceará, no Allianz Parque. Dudu foi à linha de fundo e cruzou para o meio da área encontrando Raphael Veiga. O meia bateu de primeira, mas Tadeu se esticou para fazer a defesa.

TABELA: confira a tabela completa e simulador do Brasileirão 2022!

Em seguida, Dudu criou mais uma grande chance para os visitantes. Após aproveitar o rebote de um escanteio, o camisa 7 dominou e finalizou de fora da área. A bola bateu na trave depois de um desvio do goleiro adversário, que foi um dos principais nomes do jogo na primeira etapa.

A primeira chegada do Esmeraldino ao gol palmeirense aconteceu aos 22 minutos. Apodi chutou à queima roupa dentro pequena área e o goleiro Weverton trabalhou em cima de um bom reflexo para evitar o gol.

Nos minutos finais do primeiro tempo, as duas equipes criaram boas chances. Primeiro foi o Goiás, com Fellipe Bastos. O volante tentou arriscar de fora da área, mas a bola acabou parando nas mãos do goleiro alviverde, que não teve muita dificuldade no lance. Depois, Veiga acertou um belo chute, que poderia ter entrado no ângulo se não tivesse explodido na defesa mandante. A partida foi para o intervalo com o 0 a 0 no placar.

Goiás x Palmeiras
Goiás e Palmeiras empataram por 1 a 1 (Foto: Divulgação/Palmeiras)

Goiás abriu o placar mas o Palmeiras buscou o empate no último minuto

Sem nenhuma mudança no intervalo, as duas equipes voltaram se estudando e traçando estratégias para furarem as respectivas defesas. Aos sete minutos, Dudu e Marcos Rocha tabelaram na direita, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Em seguida, aos 11, a torcida do Esmeraldino presente no Serrinha comemorou um gol. Apodi tocou de cabeça para Pedro Raul, que girou em cima da marcação para finalizar na pequena área. Caio dividiu com Weverton, que só viu a bola parar no fundo da rede.

O VAR entrou em ação para checar uma possível falta do meia sobre o goleiro palmeirense no lance, porém nada foi marcado e o gol foi validado. Na tentativa de resposta alviverde, Rony recebeu boa bola de Veiga e, apesar do domínio, chutou para fora.

Aos 38 minutos, por pouco o Goiás não ampliou o marcador. Recém ingresso em campo, Maguinho chegou à linha de fundo após tabela, cruzou rasteiro e Renato Junior finalizou de primeira. Contudo, Weverton fez uma boa defesa para salvar o Palmeiras.

Já no último minuto do jogo, aos 50', o Alviverde conseguiu respirar no Campeonato Brasileiro quando Rony acertou um belo voleio dentro da área para igualar o placar. A partida terminou 1 a 1 e o Palmeiras conquistou o primeiro ponto no nacional.

O Palmeiras voltará a campo na próxima quarta-feira, quando visita o Flamengo, às 19h30, no Maracanã, em jogo antecipado da quarta rodada do Brasileirão. Já o Goiás atuará no mesmo dia, às 19h, contra o Red Bull Bragantino. Porém, a partida será pela terceira fase da Copa do Brasil, na Serrinha. 

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 1 x 1 PALMEIRAS


Local: Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia-GO
Data-Hora: 16/4/2022 - 16h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
VAR: Daniel Nobre Bins (SC)
Público/Renda: 11.442/R$ 353.385,00
Cartões amarelos: Pedro Raul, Fellipe Bastos, Danilo Barcelos e Dadá Belmonte (GOI); Vitor Castanheira (PAL)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Caio (11'/2ºT) (1-0) e Rony (50'/2ºT) (1-1)

GOIÁS: Tadeu; Apodi (Maguinho, aos 33’/2ºT), Sidnei, Reynaldo e Hugo (Danilo Barcelos, aos 18’/2ºT); Auremir (Da Silva, aos 17’/1ºT), Caio, Fellipe Bastos e Diego; Dadá Belmonte e Pedro Raul (Renato Junior, aos 31’/2ºT). Técnico: Jair Ventura.

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Atuesta, aos 38’/2ºT), Murilo, Gustavo Gómez e Piquerez (Rony, aos 17’/2ºT); Danilo, Zé Rafael (Jailson, aos 28’/2ºT), Raphael Veiga e Gabriel Verón (Gustavo Scarpa, aos 17’/2ºT); Dudu (Wesley, aos 28’/2ºT) e Rafael Navarro. Técnico: Abel Ferreira.

Clique aqui e ganhe R$50 para jogar no Galera.bet