Bahia x Coritiba - Comemoração

Rodriguinho marcou o gol da vitória do Bahia nesta quarta-feira (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Futebol Latino
12/08/2020
22:25
Salvador (BA)

Em confronto que marcou a estreia do Bahia no Campeonato Brasileiro, o Tricolor mostrou boas facetas e venceu o Coritiba por 1 a 0, passando boa parte da etapa complementar em postura retraída no seu campo defensivo. O gol do triunfo foi marcado pelo meia Rodriguinho, ex-Corinthians e Cruzeiro.

> CONFIRA A TABELA DO BRASILEIRÃO

QUE CACETADA!

Em um momento do jogo no qual as equipes ainda pareciam se estabelecer dentro de campo, veio do atacante Robson a primeira chance bastante aguda na cidade de Salvador. Dominando na entrada da grande área, o jogador do Coxa aproveitou estar com bom ângulo e encheu o pé para fazer balançar o travessão de um Douglas Friedrich que até pulou na bola, mas não chegou a tocar nela.

RESPOSTA IMPORTANTE

Se por parte dos paranaenses a oportunidade veio na batida de média distância, o Tricolor teve ótima chance de abrir a contagem em Pituaçu quando o passe em profundidade recebido por Flávio. Estando frente a frente com Wilson, mas acabou demorando para fazer a finalização e, além disso, bateu fraco, facilitando o trabalho do camisa 84 do Coxa.

VELOCIDADE E CATEGORIA

Enfrentando uma equipe que também estava disposta a se estabelecer na base da posse de bola e volume de jogo, o Bahia buscava acionar seus dois atacantes de velocidade (Elber e Rossi) para pegar a defesa adversária desprevenida. Algo que deu bastante certo quando, na base do contra-ataque, Rodriguinho recebeu bola livre, adentrou a grande área e foi derrubado pelo atacante Sassá, penalidade marcada. Na hora da cobrança, o meio-campista Rodriguinho foi bastante frio e usou o recurso da cavadinha diante de um Wilson que caiu no seu lado esquerdo e viu a bola entrar no meio.

POSTURAS CLARAS

A volta dos vestiários mostrou que o fim da etapa inicial já dava boas pistas de que o Esquadrão permaneceria com suas linhas mais retraídas e tentaria aproveitar o fato de que o Coritiba, perdendo, forçosamente seria mais ousado em sua postura. Porém, nesse momento o Alviverde do Alto da Glória se aproveitou da oportunidade que surgiu de ser mais incisivo e passou perto de marcar. Sabino, em cabeçada bem ao lado da trave esquerda de Douglas Friedrich, além de chute de Sassá onde o goleiro baiano precisou se esticar todo para defender e uma cabeçada de William Matheus foram boas chances formuladas pelo ataque do time de Eduardo Barroca.

RESISTIU

Com oportunidades bastante pontuais de atacar onde a oportunidade de Saldanha, que saiu cara a cara com Wilson e pecou na hora de finalizar ao bater torto com o pé esquerdo, os donos da casa pareciam se concentrar mais em segurar seu resultado do que propriamente vencer pela dominação. Estratégia que, apesar dos sustos, acabou dando certo pensando no triunfo.

FICHA TÉCNICA
​BAHIA 1 x 0 CORITIBA

Local:
Estádio de Pituaçu, Salvador (BA)
Data e hora: 12/08/2020 - 20h30
Árbitros: Flávio Rodrigues de Souza (FIFA-SP)
Assistentes: Daniel Luis Marques (CBF-SP) e Evandro de Melo Lima (CBF-SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (CBF-SP)
Cartões amarelos: Sassá, Galdezani, Filemon, Nathan Silva, Yan Sasse (CTB)
Cartões vermelhos:
​Gol: Rodriguinho (39'/1°T)

BAHIA: Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Ernando, Juninho e Juninho Capixaba (Zeca, aos 34'/2°T); Ronaldo, Flávio, Daniel (Marco Antônio, aos 30'/2°T) e Rodriguinho (Alesson, aos 33'/2°T ; Elber e Rossi (Saldanha, aos 17'/2°T). Técnico: Roger Machado

CORITIBA: Wilson; Natanael (Jonathan, no intervalo), Rodolfo Filemon, Sabino e William Matheus; Nathan Silva (Renê Júnior, aos 24'/2°T), Matheus Galdezani (Luiz Henrique, aos 32'/2°T) e Ruy (Yan Sasse, aos 18'/2°T); Robson, Ruy e Sassá (Nathan, aos 32'/2°T). Técnico: Eduardo Barroca