Rafael Marson
17/02/2021
20:26
São Paulo (SP)

Em partida atrasada da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Coritiba marcou nos minutos finais e venceu o Palmeiras por 1 a 0 no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. Com a vitória, o Coxa, matematicamente rebaixado na rodada anterior, segue na vice-lanterna do Brasileirão com 31 pontos. O Verdão permanece com 56 pontos, em 6º lugar no torneio.

PSG define preço de Mbappé, futuro de Neymar... Veja o Dia do Mercado

O próximo desafio da equipe de Abel Ferreira é na sexta-feira (19), no clássico Choque-Rei contra o São Paulo, às 21h30, no Morumbi. Já a equipe de Gustavo Morínigo irá fazer sua última partida do campeonato jogando em seus domínios no sábado (20), contra o Ceará.

INÍCIO MORNO NO COUTO PEREIRA

O jogo começou em um ritmo lento, com ambas equipes arriscando pouco e errando muitos passes.

A primeira boa oportunidade foi do Palmeiras. Aos 10 da etapa inicial, Gabriel Menino deu bom passe para Gustavo Scarpa. O meia girou na marcação, limpou para o pé esquerdo na entrada da área, mas chutou mal e a bola foi para fora.

O Coritiba respondeu com Robson. O atacante recebeu perto da marca de escanteio e mandou para a área. A bola pegou curva e foi na direção do gol. Vinicius Silvestre pulou, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

GOL ANULADO MELHORA A PARTIDA

Em um raro momento de criatividade, Empereur aproveitou o espaço cedido pelos mandantes, avançou pelo campo e rolou na esquerda para Renan. Ele cruzou e a bola sobrou para Gabriel Menino que, em chute desviado de fora da área, marcou. Contudo, o bandeirinha flagrou impedimento de Renan e o VAR confirmou a irregularidade no lance.

Coritiba x Palmeiras
Coxa ganhou por 1 a 0 em casa (Foto: Divulgação Twitter Coritiba)

O Verdão cresceu após o gol anulado. Novamente, os meias do Coxa deram espaço, Scarpa avançou pela direita e mandou uma bomba. Arthur se esticou e fez bonita defesa aos 40 minutos.

Nos acréscimos, Robson chegou com espaço, mas parou em Vinicius Silvestre. Gabriel Menino, no último lance do primeiro tempo, arriscou de muito longe, e a bola passou perto.

LESÃO E EXPULSÃO DITAM O RITMO DO SEGUNDO TEMPO

Os minutos iniciais da segunda etapa foram similares ao primeiro tempo, com o Palmeiras controlando a posse, mas encontrando dificuldades em penetrar a defesa do Coritiba.

Aos 15 minutos da segunda etapa, Gabriel Menino foi realizar um desarme e torceu o pé direito. Abel substituiu o garoto lesionado e ainda colocou Luiz Adriano, Patrick de Paula e Raphael Veiga.

Dois minutos depois, Kuscevic deu um soco em Osman depois de afastar uma bola para lateral, e o árbitro Ramon Abatti Abel deu vermelho direto para o defensor palmeirense.

COXA "ACHA" GOL NO FINAL

O Palmeiras era quem ameaçava mesmo com um homem a menos. Raphael Veiga fez jogada individual pela direita, cortou para o meio e bateu de esquerda, forçando o goleiro Arthur a fazer mais uma importante defesa.

Contudo, o Coritiba conseguiu sair com a vitória. Aos 42, Patrick de Paula deixou a bola passar, Jonathan bateu de primeira, na entrada da área, e a bola foi no cantinho, sem chances para Vinicius.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 1 x 0 PALMEIRAS

Data:
17 de Fevereiro de 2021
Horário: 19h30 (de Brasília)
Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba-PR
Árbitro: Ramon Abatti Abel-PR
Assistentes: Thiaggo Americano Labes-SC e Helton Nunes-SC
VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira-SC, Rodrigo Batista Raposo-DF e Johnny Barros de Oliveira-SC

GOL: Jonathan (1-0, aos 42'/2ºT)

CARTÕES AMARELOS:
Coritiba - Neilton (29'/2ºT) / Palmeiras - Kuscevic (17'/1ºT); Renan (23'/1ºT); Danilo (20'/2ºT)

CARTÕES VERMELHOS: - Kuscevic (17'/2ºT)

CORITIBA
Arthur; Jonathan, Rhodolfo, Sabino e Biro; Hugo Moura, Matheus Bueno (Sarrafiore, 12'/2ºT) e Mattheus (Nathan Silva, 12'/2ºT); Robson, Neilton (Luiz Henrique, 47'/2ºT) e Ricardo Oliveira (Osman, 13'/2ºT). Técnico: Gustavo Morínigo

PALMEIRAS
Vinicius Silvestre, Marcos Rocha, Kuscevic, Empereur e Renan; Danilo (Breno Lopes, 37'/2ºT),  Gabriel Menino (Raphael Veiga, 16'/2ºT), Lucas Lima (Patrick de Paula, 16'/2ºT), Gustavo Scarpa (Luiz Adriano, 16'/2ºT) e Esteves; Willian (Rony, 1'/2ºT). Técnico: Abel Ferreira