Corinthians x Inter

Jogo foi truncado, com um gol para cada lado, mas destaque ficou para o VAR(Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Alexandre Guariglia
03/07/2021
22:56
São Paulo (SP)

Em jogo de polêmica de arbitragem, Corinthians e Internacional empataram em 1 a 1, neste sábado, na Neo Química Arena, pela nona rodada do Brasileirão-2021. Com gols de Edenílson, em pênalti duvidoso, e de Jô, aproveitando rebote no segundo tempo, as equipes conquistaram um ponto cada em Itaquera.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Jemerson e Otero dão adeus! Veja quem já deixou o clube nesta temporada

Mandantes mais perigosos, mas visitantes abrem o placar com polêmica

O primeiro tempo começou bastante truncado, com ambos os times com muita dificuldade para trocar passes. Dessa forma, o primeiro lance de mais perigo do jogo foi do Alvinegro, e acabou saindo de uma roubada de bola de Mosquito (sempre ele) no meio-campo, que ele levou para área e chutou cruzado. Pouco depois, Mateus Vital e Jô tiveram chances, mas ambas para fora do gol.

Enquanto isso, o Inter tentava se ajustar dentro de campo acertando passes e encontrando espaços. No entanto, nas boas chances, jogadores em impedimento anularam as jogadas. O Corinthians era mais perigoso e Gustavo Mosquito quase marcou um golaço em jogada individual. Em seguida, Vital e Vitinho arriscaram de fora da área, mas ambos mandaram para fora. 

Aos 35 minutos, um lance polêmico. Em cobrança de falta, Jô derruba Victor Cuesta dentro da área e o árbitro marca pênalti. Apesar de o zagueiro estar em posição de impedimento, ele não participou da jogada, por isso o VAR confirmou a marcação. Sob reclamações do Timão, Edenílson cobrou e abriu o placar para o Colorado. Antes do fim do primeiro tempo, o Corinthians ainda teve duas chances em cobranças de falta, mas ambas saíram sem perigo.

Alvinegro consegue arrancar empate no segundo tempo

Após o intervalo, o Internacional voltou com duas mudanças, enquanto o Corinthians voltou igual. Jô teve uma chance logo de cara para empatar, mas chutou para fora. As mexidas de Aguirre deram mais vantagem aos visitantes no meio-campo e aos 13 minutos Patrick, que entrou no lugar de Juan Cuesta, quase ampliou o placar. Ao mesmo tempo, Roni saiu para a entrada de Araos.

Apesar de ter perdido força no meio-campo, o Timão ganhou mais volume no ataque e Jô teve duas boas chances para empatar, mas acabou desperdiçando as duas. Depois desses momentos de susto, o Inter conseguiu "amarrar" mais a partida e até trocar passes no campo ofensivo. Sylvinho, por sua vez, optou por tirar Mosquito e Vitinho para as entradas de Marquinhos e Luan.

O Alvinegro melhorou com as alterações e passou a ter mais movimentos perto do gol. Mateus Vital, duas vezes, e Araos testaram o goleiro Daniel e mostraram que o gol de empate estava amadurecendo. Pouco depois, Vital fez jogada de ultrapassagem com Fábio Santos, que cruzou para a área para Luan desviar para o gol, Daniel defendeu, mas deu rebote para Jô balançar a rede e empatar.

Embalado pelo gol, o Timão buscou a virada e teve chances com Luan, que mandou por cima do gol, e novamente com Vital, que obrigou Daniel a se virar. No entanto, os gaúchos conseguiram travar o ímpeto corintiano nos minutos finais da partida e garantiram a igualdade no placar neste sábado.

E agora?

Com o empate em 1 a 1, o Corinthians vai a 11 pontos e fica na 10ª posição na tabela, enquanto o Internacional vai a 10 pontos e está no 14ª lugar da classificação do Brasileirão. Na próxima rodada do campeonato, o Timão vai até Chapecó para enfrentar a Chapecoense, na quinta-feira, às 21h, enquanto o Colorado recebe o São Paulo, no Beira-Rio, às 21h30, na quarta-feira.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 1 INTERNACIONAL

Local: Neo Química Arena, São Paulo (SP)
Data-Hora: 3/7/2021 - 21h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Público/renda: Portões Fechados
Cartões amarelos: João Victor e Roni (COR) Edenilson e Victor Cuesta (INT)
Cartões vermelhos: -
Gols: Edenílson (39'/1ºT) (0-1), Jô (34'/2ºT)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo, Roni (Araos, aos 13'/2ºT) e Vitinho (Luan, aos 26'/2ºT); Gustavo Mosquito (Marquinhos, aos 26'/2ªT), Mateus Vital e Jô. Técnico: Sylvinho.

INTERNACIONAL: Daniel; Saravia (Lucas Ribeiro, aos 36'/2ºT), Pedro Henrique, Victor Cuesta e Paulo Victor; Rodrigo Dourado e Edenílson; Juan Cuesta (Patrick, no intervalo), Maurício (Boschilia, aos 43'/2ºT) e Léo Borges (Johnny, no intervalo); Yuri Alberto (Vinicius Mello, aos 36'/2ºT). Técnico: Diego Aguirre.