CRB x Oeste

Foto: Ailton Cruz

LANCE!
11/08/2018
18:29

Muita vontade e dedicação das equipes, mas pouca efetividade em se tratando de acertar a meta adversária. Se houvesse a necessidade de resumir a primeira etapa em poucas palavras, certamente a definição do jogo caminharia por essa linha de raciocínio.

O CRB tinha mais a bola nos pés, mas pecava bastante para fazer o goleiro Tadeu realmente trabalhar no duelo. Tanto é que, com a cabeçada do centroavante Rafael Costa e no chute do meia Williams Santana, a finalização não foi realmente na direção do gol do Oeste apesar de passar com perigo.

Por sua vez, a melhor chance de marcar construída pelo clube paulista só não se converteu em gol porque, depois de Pedrinho tocar por sobre João Carlos e a bola estar mansamente indo em direção as redes, Everton Sena correu e chegou a tempo para cortar providencialmente.

Segundo tempo

Quem deu início aos trabalhos em finalização até foi o time alagoano com Williams Santana ao forçar Tadeu com chute aos seis minutos. Mas, aos 10, foi o Rubro que conseguiu marcar graças a Pedrinho.

Recebendo passe em velocidade de Betinho, o atacante do Oeste teve precisão para bater na saída de João Carlos e fazer 1 a 0 favorável os visitantes.

A partir daí, quem passou a exercer pressão ofensiva foi o Galo da Praia, mas seguia com dificuldade em traduzir esse maior domínio territorial em volume real de jogo.

Everton Sena e Diego bem que tentaram, mas uma gigantesca defesa de Tadeu e a falta de pontaria mantiveram o resultado de vitória para o Oeste até o apito final.