Gabriel Rodrigues
02/10/2019
21:11
Chapecó (SC)

O Corinthians repetiu o roteiro das últimas duas partidas e, mesmo sem grande atuação, conseguiu a terceira vitória seguida no Brasileiro ao fazer 1 a 0 sobre a Chapecoense, na noite desta quarta-feira, em partida atrasada da 21ª rodada. Em jogo prejudicado pela forte chuva, o Timão contou com um gol de Danilo Avelar para garantir os três pontos e chegar a 41, na quarta colocação. Já a Chape permanece na lanterna, com 15 pontos.

O Timão volta a campo no próximo sábado, às 19h, contra o Grêmio, em Porto Alegre. Já a Chapecoense joga no domingo, às 11h, contra o Flamengo.

TABELA
> Confira a classificação do Brasileiro e simule os resultados

Muita chuva, pouco futebol
Com a chuva de granizo que caiu pouco antes do início da partida e a tempestade que caiu durante praticamente todos os 90 minutos, o jogo foi prejudicado tecnicamente, apesar do gramado da Arena Condá ter aguentado bem para o volume de água que caiu. Assim, pouco se viu dos lado criativo dos time, que já sofrem naturalmente com a falta de qualidade técnica no meio de campo.

Essa falta de criação foi refletida nos números do primeiro tempo. Além das poucas chances que conseguiram, os dois times pecaram nas finalizações. Na primeira etapa, foram apenas 10 finalizações, cinco para cada lado, sendo apenas uma na direção do gol - em um chute de fora da área de Everaldo, da Chape.

Timão volta melhor
O técnico Fábio Carille resolveu arriscar um pouco mais no retorno do intervalo e colocou Sornoza no lugar de Júnior Urso. E deu certo. Com mais um jogador para ajudar na criação, o Timão conseguiu duas boas finalizações com menos de cinco minutos. Primeiro, com Pedrinho, que mandou por cima. Depois, o próprio equatoriano arriscou de longe e a bola passou muito perto da trave direita de Tiepo.

Aproveitando o momento de superioridade, o Corinthians não demorou para abrir o placar. Aos 17, após cobrança de escanteio de Clayson pela direita, Danilo Avelar subiu mais alto que a marcação e mandou, de cabeça, para o fundo do gol.

Cássio salva o Timão
Depois do gol do Corinthians, o técnico Marquinhos Santos começou a mexer no time da Chapecoense. E quase deu resultado, não fosse o goleiro Cássio. Aos 25, após cruzamento de Régis, Renato Kayzer apareceu livre na área finalizou de primeira. Cássio fez uma grande defesa e a bola sobrou para Camilo, que tentou, de novo, para mais uma excelente defesa do camisa 12, que ajudou a garantir a vitória do Timão.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 0 x 1 CORINTHIANS


Estádio: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data-hora: 1º de outubro de 2019, às 19h15
Árbitro: Daniel Nobre Bins (RS) - Nota LANCE!: 6,0 - Não atrapalhou o andamento da partida.
Assistentes: Lucio Beiesdorf Flor (RS) e André da Silva Bitencourt (RS)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Gramado: Bom.
Público/Renda: 5.036 pagantes/R$ 164.367,50
Cartão amarelo: Eduardo, Bruno Pacheco e Amaral (CHA), Fagner e Vagner Love (COR)
Cartão vermelho: -

GOLS: Danilo Avelar, 17'/2ºT (0-1)

CHAPECOENSE: Tiepo; Eduardo, Rafael Pereira, Douglas e Roberto; Amaral (Régis, 23'/2ºT), Márcio Araújo, Bruno Pacheco e Camilo (Vini Locatelli, 33'/2ºT); Arthur Gomes (Renato Kayzer, 23'/2ºT)e Everaldo. Técnico: Marquinhos Santos.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf e Júnior Urso (Sornoza, Intervalo); Pedrinho (Gustagol, 15'/2ºT), Mateus Vital e Clayson; Vagner Love (Janderson, 42'/2ºT). Técnico: Fábio Carille.