David Nascimento
08/12/2019
17:18
Rio de Janeiro (RJ)

O Palmeiras venceu o Cruzeiro por 2 a 0 na tarde deste domingo, no Mineirão, pela última rodada do Campeonato Brasileiro desta temporada. Os gols foram marcados por Zé Rafael e Dudu, fazendo o Verdão terminar o ano com 74 pontos, em terceiro lugar. Resultado rebaixou o Cruzeiro pela primeira vez em sua história, terminou com 36 pontos em 17º lugar. Mas nada disso importa. As cenas tristes da confusão nas arquibancadas do estádio em Belo Horizonte, logo após o segundo gol palmeirense, acabam com o ânimo de qualquer um que gosta de futebol. Em pleno 2019, é inadmissível cenas de pânico e guerra como foram as vistas neste jogo, crianças e mulheres desesperadas, pessoas feridas... Gerou tamanha insegurança que o árbitro Marcelo de Lima Henrique encerrou a partida antes da hora, aos 40 minutos do segundo tempo - com toda razão do mundo. Futebol não é isso, meus amigos. Mais respeito.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR A CLASSIFICAÇÃO FINAL DA COMPETIÇÃO

Cruzeiro x Palmeiras
Policiais nas arquibancadas do Mineirão (Foto: Divulgação/Palmeiras)

MORNO, MORNO...
O primeiro tempo do duelo no Mineirão foi morno além da conta. Lances de perigo nos 45 minutos iniciais foram bastante isolados - no primeiro minuto, Léo desviou contra o próprio gol e o goleiro Fábio fez boa defesa para evitar o gol do Palmeiras. Aos 15, nova chance: Zé Rafael correu, passou facilmente por Henrique e Fábio foi obrigado a fazer nova grande defesa. O Cruzeiro foi chegar pela primeira vez somente aos 43 minutos, quando Dodô recebeu de Ezequiel, achou Pedro Rocha, que acabou sendo travado na hora certa pelo goleiro Weverton.

VERDÃO FAZ DOIS
Na volta para o segundo tempo, o panorama da etapa inicial seguiu: o Palmeiras foi administrando o resultado, enquanto o Cruzeiro tentava buscar forças de onde não possuía para tentar evitar a queda no Campeonato Brasileiro. Com um elenco superior, o Verdão fez dois gols e garantiu a vitória nesta despedida da temporada. Aos 12 minutos, Dudu recebeu e ganhou de Cacá, tocou para Raphael Veiga, que cruzou para Zé Rafael fazer o 1 a 0. Aos 37, o 2 a 0 foi feito pelo Palmeiras, com Dudu aproveitando cruzamento de Bruno Henrique. No Rio de Janeiro, Botafogo e Ceará foram 1 a 1, não adiantaria de nada qualquer resultado do Cruzeiro neste sentido...

RAPOSA CAI EM FIM DE JOGO TRISTE!
Depois do segundo gol do Palmeiras, muita confusão nas arquibancadas entre os torcedores do Cruzeiro, únicos no estádio após determinação judicial. Depredação, cadeiras arremessadas no gramado, invasão, correria, crianças e mulheres no meio, policiais acionados para conter, tiros de borracha, bombas de efeito moral... Aos 40 minutos do segundo tempo, sem condições de segurança para continuar a partida, o árbitro Marcelo de Lima Henrique encerrou a partida antes da hora corretamente. Palmeiras venceu por 2 a 0, Cruzeiro foi rebaixado, mas a lição desta partida fica bem longe disto. Futebol não é para guerra, meus amigos. Fim de jogo muito triste.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 0 X 2 PALMEIRAS


Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data/hora: 8/12/2019 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ) - Nota LANCE!: 8,0 (acertou em encerrar o jogo antes da hora por medida de segurança)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ)
Árbitro de vídeo: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Gramado: Bom
Público/renda: Indisponíveis
Cartão amarelo: Zé Rafael (PAL)
Cartão vermelho: -

GOLS: Zé Rafael 12'/2ºT (0-1) e Dudu 37'/2ºT (0-2)

CRUZEIRO: Fábio, Orejuela (Weverton 4'/2ºT), Cacá, Léo e Dodô; Ederson, Henrique, Jadson e Marquinhos Gabriel; Pedro Rocha (Maurício 14'/2ºT) e Ezequiel (Sassá intervalo). Técnico: Adilson Batista.

PALMEIRAS: Weverton, Marcos Rocha (Mayke 36'/2ºT), Luan, Antônio Carlos e Diogo Barbosa; Matheus Fernandes e Bruno Henrique; Raphael Veiga (Willian 24'/2ºT), Lucas Lima e Zé Rafael (Gabriel Veron 21'/2ºT); Dudu. Técnico: Andrey Lopes.