Futebol Latino
30/09/2018
20:55
Fortaleza (CE)

A Chapecoense até saiu na frente diante do Ceará em jogo na Arena Castelão, neste domingo, em partida válida pela 27ª rodada do Brasileirão, marcada pela disputa direta para escapar da zona de rebaixamento. Porém, a força do fator casa e muito poder de concentração do Vozão foram determinantes para a virada do placar e a construção de um resultado importante para as pretensões do time nordestino: 3 a 1. Doffo abriu o placar para os visitantes. Valdo, Arthur Cabral e Leandro Carvalho garantiram o triunfo dos donos da casa.

Com o resultado, enquanto o Ceará sobe para o 15° lugar com 30 pontos ganhos, a Chape desce para a 18ª posição seguindo com 28 unidades. O Vasco, que entra em campo nesta segunda-feira diante do Paraná, entrou na degola. No entanto, o clube carioca pode deixar o Z4 e até passar o Vozão em caso de vitória.

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DO BRASILEIRÃO
> Clique aqui para ver

Arena Castelão ou Arena Condá?
Os primeiros 10 minutos de jogo em nada pareciam remeter a postura de uma partida entre as duas equipes em se tratando do palco ser a capital cearense. Enquanto a Chapecoense era quem conduzia por mais tempo a bola e buscava a construção mais cadenciada das jogadas, o Vozão era a equipe que apostava nos contra-ataques. 

Mesmo com as estratégias bem definidas, nenhum dos dois lados era eficiente quando chegava a hora de finalizar nas metas defendidas por Everson e Jandrei.

Velocidade e catarinenses na frente
O jogo parecia bastante equilibrado, com o Ceará tendo melhorado na questão criativa e tendo deixado o duelo equivalente após o período inicial da partida.

Porém, em uma desatenção do sistema de marcação nordestino, a Chape cobrou falta rapidamente com Bruno Pacheco sendo acionado na ponta esquerda e cruzou na grande área. Após a bola ser espalmada por Everson, ela sobrou nos pés do meia argentino Doffo que, com tranquilidade, bateu para o gol e abriu a conta em Fortaleza.

Mudança de panorama
Por razões óbvias, o Vozão passou a não só sair mais ao ataque como assumir o protagonismo para evitar o revés em seus domínios. Dentro dessa realidade, a melhor oportunidade criada veio aos 41 minutos quando Arthur Cabral antecipou a marcação da defesa da Chapecoense e testou com força e viu a bola bater no travessão de Jandrei antes de sair pela linha de fundo.

Valdo salva e virada instantânea
O zagueiro Valdo, na etapa complementar, foi em um intervalo de sete minutos fundamental para que o Ceará e a sua barulhenta torcida seguisse elevando a temperatura do jogo lá no alto. Além de salvar em cima da linha chute de Bruno Silva quando o arqueiro Everson estava fora do gol, o camisa 3 do Vozão apareceu no ataque para completar bola ajeitada no alto por Arthur.

E coube justamente a Arthur o gol da virada três minutos depois da igualdade na sua melhor característica: Força física e chute potente. Após ganhar na disputa de Nery Bareiro, o centroavante encheu o pé soltando um "balaço", chegando Jandrei a tocar na bola antes dela entrar no ângulo, que fez estremecer de vez as arquibancadas da Arena Castelão.

Fecha a conta, Vozão!
Com o contra-ataque à disposição no avanço das linhas da Chapecoense, o Ceará teve seu contra-ataque afiado como arma mortal para consolidar a importante vitória. Aos 31, Leandro Carvalho recebeu bola em velocidade, fintou a marcação e chutou por baixo de Jandrei, 3 a 1 Vozão, placar final.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ X CHAPECOENSE

Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)
Data-Hora: 30/9/2018 – 19 h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho (FIFA-GO) e Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG)
Cartões amarelos:
Luiz Otávio, Arthur, Arnaldo, Leandro Carvalho (CEA); Rafael Thyere, Victor Andrade, Eduardo, Canteros, Bruno Pacheco (CHA)
Cartões vermelhos: -
Gols: Doffo (34'/1°T) (0-1), Valdo (10'/2°T) (1-1), Arthur (13'/2°T) (2-1) e Leandro Carvalho (31'/2°T) (3-1)
 
CEARÁ: Everson; Samuel Xavier, Luiz Otávio, Valdo e Felipe Jonathan; Edinho, Richardson, Juninho Quixadá (Ricardinho, aos 29'/2°T) e Calyson; Arthur (Ricardo Bueno, aos 40'/2°T) e Leandro Carvalho (Eder Luis, aos 46'/2°T). Técnico: Lisca.

CHAPECOENSE: Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Nery Bareiro e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo (Canteros, aos 20'/1°T), Diego Torres (Vinicius, aos 40'/2°T) e Doffo, Victor Andrade (Bruno Silva, no intervalo) e Leandro Pereira. Técnico: Guto Ferreira.

Se você gosta de economizar, veja os melhores descontos no serviço de cupons Lance:

- ofertas MAC Cosmetics
- cupons de desconto ClickBus
- cupons de desconto Havan