João Vítor Castanheira
14/09/2019
23:02
Fortaleza (CE)

Foi por um milagre. O Ceará criou um caminhão de chances, finalizou 23 vezes no Castelão, mas não conseguiu furar a defesa do Botafogo, que resistindo bravamente, segurou o 0 a 0, no encerramento do primeiro turno do Brasileiro. Com o resultado, o Alvinegro carioca fica com 27 pontos, na metade da tabela, aspirando pela Libertadores. O Vozão, por sua vez, chega ao quinto jogo sem vitória, embalando sua pior sequência na competição.

No início do ‘returno’, o Botafogo recebe o São Paulo no próximo sábado, às 11h, no Nilton Santos. O time cearense, por sua vez, visita o CSA no domingo, às 16h.

> Confira e simule a tabela do Campeonato Brasileiro

DOMÍNIO CEARENSE
O primeiro tempo no Castelão foi todo do Ceará. Com grande volume de jogo, o Vozão alugou o campo dos cariocas e foi uma ameaça constante. Destaque para o chute cruzado de Felippe Cardoso, que exigiu boa defesa de Gatito. Com atuação sólida de seus zagueiros, porém, o Botafogo se segurava. Em 45 minutos de uma nota só, a equipe cearense terminou com 13 finalizações, contra apenas uma do Glorioso.

SE SEGURA, FOGÃO!
A etapa final começou como terminou a primeira: com os mandantes assustando o Alvinegro carioca. Logo no primeiro minuto, Tiago Galhardo arrancou pela esquerda, cruzou, e Gabriel, na tentativa do corte, quase marcou contra. Depois, foi a vez de Gatito pagar sua cota milagrosa por jogo. Ricardinho bateu fechado, a bola sobrou para Valdo na pequena área, e o goleiro evitou o pior.

DESERTO DE IDEIAS
O Botafogo resistia às investidas cearenses, e no estilo ‘barroquista’, conseguia esfriar o jogo por alguns momentos. A criatividade, porém, não foi o forte dos cariocas em Fortaleza. Valencia e Pimpão entraram, mas não alteraram o panorama em nada. Em todo jogo, foram apenas três finalizações, todas sem perigo.

NO LUCRO!
Na parte final do duelo, a toada seguiu a mesma. O Ceará entrava com facilidade na área do Botafogo, mas errava sempre no último passe, e pedia um caminhão de chances. Assim, por um milagre, a equipe de Barroca deixou a capital cearense com um ponto na bagagem.


FICHA TÉCNICA
CEARÁ 0 X 0 BOTAFOGO


Estádio: Castelão, em Fortaleza (CE)
Data-hora: 14/09/2019, às 21h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Fifa/SP) - Nota L!: 6,5 - Não complicou um jogo fácil
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
VAR: Vinicius Furlan (SP)
Gramado: Bom
Assistentes de VAR: Thiago Duarte Peixoto (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)
Público e renda: 20.906 torcedores e R$ 263,650,00
Cartões amarelos: Samuel Xavier (CEA); João Paulo (BOT)
Cartões vermelhos: não houve.

CEARÁ
Diogo Silva; Samuel Xavier, Valdo, Tiago Alves e João Lucas; Fabinho e Ricardinho; Leandro Carvalho (Wescley, 30/2ºT), Thiago Galhardo e Vinicius Lima (Felipe Baxola, 20’/2ºT); Felippe Cardoso (Bergson, 37’/2ºT). Técnico: Ederson Moreira

BOTAFOGO
Gatito Fernández; Fernando, M. Benevenuto, Gabriel e Lucas Barros (G. Bochecha, 40’/2ºT); Cícero, Alex Santana (Léo Valencia, 8’/2ºT) e João Paulo; Marcinho, Luiz Fernando (Rodrigo Pimpão, 27’/2ºT) e Diego Souza. Técnico: Eduardo Barroca