Futebol Latino
14/07/2019
17:54
Curitiba (PR)

No momento que o confronto já era visto como de resultado interessante por parte do Internacional diante do Athletico-PR na Arena da Baixada nesse domingo (14), a "teimosia" do time paranaense foi recompensada com o tento de Vitinho que decretou o 1 a 0 favorável aos mandantes.

Com o resultado, o time de Tiago Nunes vira o 12° colocado com 13 pontos enquanto a equipe de Odair Hellmann que usou escalação com titulares poupados fica, no momento, em quarto lugar com 16 pontos.

BOLA NA REDE! MAS...

O Internacional parecia que facilitaria bastante sua missão conseguindo inaugurar o placar na capital paranaense quando, só aos dois minutos, Tréllez aproveitou o rebote em chute defendido por Santos e balançou as redes. Todavia, a arbitragem impugnou o lance apontando corretamente o impedimento do centroavante colombiano.

DEMORARAM, MAS LEVARAM PERIGO

Sem conseguir ultrapassar pelas linhas da defesa do time gaúcho, em muito pelo bom posicionamento do adversário, o Athletico-PR conseguiu ser efetivamente perigoso com a meta de Marcelo Lomba aos 17 minutos. Marcelo Cirino recebeu ótimo passe e, saindo frente a frente diante do arqueiro dentro da grande área e batendo sobre ele, viu a bola carimbar o travessão após toque sutil com a mão de Lomba.

Por sua vez, a mesma qualidade no trabalho de bola e paciência para explorar os espaços foi apresentada pelo Inter quando, também dentro da grande área, um chute espirrado de Nonato caiu nos pés de Tréllez. O jogador cortou para a perna esquerda e, na marca do pênalti, chutou por cima do gol defendido por Santos perdendo excelente chance de, agora sim, fazer tento que seria validado.   

RISCO AÉREO

Perdendo força na saída para o ataque, na segunda metade da primeira etapa o time visitante se viu, por muitas vezes, sendo obrigado a recuar para resistir as investidas do Furacão pelos lados de campo com Rony e Marcelo Cirino dando trabalho para Heitor e Natanael. Com isso, faltas nos arredores da grande área do Colorado se tornaram constantes e fizeram a zaga aparecer de maneira importante, evitando a abertura do marcador em Curitiba no primeiro tempo.

CHUMBO TROCADO

Assim como aconteceu na etapa inicial, o Athletico foi o primeiro a ser insinuante no segundo tempo enquanto, de maneira rápida, o Inter conseguiu dar a resposta. Enquanto Marco Rubén se antecipou a subida da zaga gaúcha e testou perto do travessão, Rafael Sobis teve liberdade para analisar a situação e bater de fora da grande área e viu a bola fazer uma curva venenosa, procurando o ângulo de Santos e passando perto. 

DE NOVO TRÉLLEZ, DE NOVO SANTOS

Em momento onde o atacante colombiano leu bem a evolução da jogada que estava nos pés de Heitor no lado direito e correu para a pequena área, ele aproveitou a ótima bola enfiada pelo lateral-direito batendo de carrinho. Porém, não contava com uma linda intervenção do arqueiro do Furacão que venceu mais um "duelo particular" com o atacante adversário.

AGITADO ATÉ O FIM

Ao contrário do que poderia se imaginar pela natural falta de ritmo de jogo das equipes, a batida do confronto não diminuiu e as oportunidades de marcar ficaram até mais volumosas do que tinham surgido até então, principalmente por parte do Athletico. Marco Rubén, Rony, Nikão, todos eles bem que tentaram, mas a bola "teimava" em não entrar por falta de pontaria e também em muito pela inspirada atuação de Marcelo Lomba.

Por fim, os esforços deram o resultado buscado já com 43 minutos onde Vitinho preferiu arriscar de fora da área ao persistir na jogada de "mano a mano" e viu a bola ir com rapidez para o extremo canto esquerdo de Lomba.  

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO-PR 1 x 0 INTERNACIONAL

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data-hora: 14/07/2019 - 16 h (horário de Brasília)
​Público e renda: 14.063 pessoas - R$ 321.805,00
​Árbitros: Bráulio da Silva Machado (FIFA-SC)
​Assistentes: Kleber Lúcio Gil (FIFA-SC) e Helton Nunes (CBF-SC)
​VAR: Emerson de Almeida Ferreira (CBF-MG)
Cartões amarelos: Jonathan, Rony (CAP); Roberto, Rodrigo Lindoso (INT)
Cartões vermelhos: -
Gol: Vitinho (43'/2°T)

ATHLETICO-PR: Santos; Jonathan, Pedro Henrique, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Lucho González (Bruno Nazário, aos 18'/2°T), Bruno Guimarães e Nikão; Marcelo Cirino (Vitinho, aos 32'/2°T), Marco Rubén (Thonny Anderson, aos 32'/2°T) e Rony. Técnico: Tiago Nunes.

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Heitor, Roberto, Emerson Santos e Natanael (Erik, aos 27'/2°T); Rodrigo Lindoso, Rithely (José Gabriel, aos 39'/2°T) e Nonato; Sarrafiore, Rafael Sobis (Wellington Silva, aos 19'/2°T) e Tréllez. Técnico: Odair Hellmann.