Vanderlei Gonçalves - Torcedor do Botafogo

Vanderlei Gonçalves fazia parte da escola de samba do Botafogo (Foto: Divulgação/Botafogo)

LANCE!
05/04/2019
15:42
Rio de Janeiro (RJ)

Uma tragédia marcou o empate de 1 a 1 entre Botafogo e Juventude nesta quinta-feira, pela Copa do Brasil. Enquanto o segundo tempo da partida rolava, Vanderlei Gonçalves, de 58 anos, torcedor do Alvinegro, passou mal no Setor Leste do Nilton Santos. O botafoguense foi atendido ainda dentro do estádio, porém não resistiu e morreu.

Torcedores que estavam perto de Vanderlei reclamaram nas redes sociais após o término da partida sobre o atendimento do estádio. De acordo com alguns, os responsáveis do estádio demoraram para dar auxílio ao torcedor, que fazia parte da Botafogo Samba Clube, a escola de samba do Alvinegro.

Por volta das 18h desta sexta-feira, o Botafogo se manifestou oficialmente através de seu site oficial. O clube decretou luto oficial e hasteou sua bandeira a meio mastro manifesta sua solidariedade a familiares e amigos de Vanderlei. Além disso, respondeu acerca das reclamações quanto ao atendimento. 

CONFIRA O COMUNICADO NA ÍNTEGRA:

Com imenso pesar e tristeza, o Botafogo lamenta o falecimento do torcedor Vanderlei Gonçalves, de 58 anos. Ele morreu de infarto na última quinta-feira, após o jogo Botafogo x Juventude.

O velório será realizado nesta sexta-feira na Capelo Santo Cristo, no Cemitério de Irajá, e o sepultamento no sábado, às 10h.

O Clube decreta luto oficial, hasteia sua bandeira a meio mastro manifesta sua solidariedade a familiares e amigos de Vanderlei.

Confira abaixo o relato pela SAVER, empresa responsável pelo Centro Médico do Estádio Nilton Santos:

A equipe de socorristas do estádio foi acionada pela equipe de ambulância que estava no campo, avisando que um torcedor havia caído na arquibancada.

Os socorristas removeram o torcedor. Antes de chegarem ao posto médico, alguns torcedores auxiliaram no transporte e no socorro, realizando Reanimação Cardio Pulmonar, pois o paciente encontrava-se em parada cardiorrespiratória. Em seguida, o paciente foi levado ao Posto Médico Leste 2, onde recebeu cuidados avançados para manutenção da vida, realizados pelos profissionais da empresa SAVER, responsável pelo atendimento médico no estádio. Manobras realizadas com sucesso, paciente foi removido para Hospital Municipal Salgado Filho, onde teve nova Parada Cardiorrespiratória e não resistiu, evoluindo para o óbito.

No jogo Botafogo x Juventude, atendendo às exigências do CBMERJ, foram disponibilizados para o jogo:
4 postos médicos, com 1 leito de CTI em cada posto;
3 ambulâncias tipo UTI móvel;
1 ambulância tipo básica.
A equipe de saúde estava composta por 7 médicos, 7 enfermeiros, 7 técnicos de enfermagem e 4 condutores, além de 2 auxiliares operacionais.
Obs.: A ambulância básica nem foi exigida oficialmente pelo CBMERJ constante a FARE do evento, mas foi disponibilizada pelo Botafogo, em acordo com a Saver, para aumentar ainda mais a segurança médica do evento.