Montenegro - Botafogo

Carlos Augusto Montenegro foi presidente do Botafogo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Sergio Santana
01/05/2021
11:40
Rio de Janeiro (RJ)

O balanço financeiro do Botafogo, divulgado pelo clube na noite da última sexta-feira, mostra que o valor da dívida referente a pessoas físicas diminuiu de 2019 para 2020. Muito disto se deve a Carlos Augusto Montenegro, que perdoou o Glorioso de uma quantia acima dos R$ 8 milhões.

+ Funcionários não aceitam redução de salário, e Botafogo tentará novas negociações

O LANCE! apurou que o ex-presidente perdoou uma dívida de R$ 8.234.000,00 - como constava no balanço divulgado no ano passado. Agora, o Botafogo nada deve à pessoa física de Carlos Augusto Montenegro.

O valor era referente a empréstimos que Montenegro fez ao Botafogo no passado, realizados em gestões anteriores do clube.

Montenegro teve participação na política do Botafogo na última temporada, fazendo parte do Comitê Gestor de Futebol. O presidente do clube no Campeonato Brasileiro de 1995 atualmente está fora dos bastidores do clube, comandado por Durcesio Mello.

Vale lembrar que o Comitê liderou o futebol do Botafogo em grande parte de 2020. A dívida do Botafogo aumentou em R$ 110 milhões de um ano para outro, como divulgado pelo próprio balanço financeiro.