Vinicius foi o grande nome do jogo pelo lado atleticano, com boa atuação, além do gol da vitórria

Vinicius foi o grande nome do jogo pelo lado atleticano, com boa atuação, além do gol da vitórria-(Bruno Cantini/Atlético-MG)

Valinor Conteúdo
25/07/2019
09:00
Belo Horizonte

O meia Vinicius foi o nome da noite no duelo do Galo contra o Botafogo, no jogo de ida das oitavas de final da Sul-Americana. Autor do gol da vitória do Galo por 1 a 0 sobre o Fogão, o jogador apontou os caminhos para o time mineiro garantir a passagem de fase e admitiu que “errou” o chute que acabou entrando no gol de Gatito.

-Eu realmente errei o chute, mas acertei o gol. Então, fico feliz. Sou um cara que treino bastante finalização. Hoje, fui coroado com esse gol- disse o meia, que traçou a rota para a classificação do Galo.

-Assim como a gente aprendeu com o revés, a gente aprendeu o gol fora de casa a favor. Temos que entrar ligado, tem mais 90 minutos, a gente sabe que o Botafogo é uma equipe qualificada, então que a gente possa prevalecer o nosso mando de campo, a nossa torcida, que lá (BH) é muito forte, para conseguirmos a classificação-disse.

A sorte estava mesmo do lado do jogador, pois graças a uma conjuntivite de Cazares, o titular da posição, deu a chance do ex-atleta do Bahia estar em campo e ajudar o alvinegro mineiro.

-Fico feliz. São as oportunidades que nós jogadores vamos tendo. A gente sabe que nosso calendário exige que se tenha um plantel. Nós, jogadores do Atlético, sabemos que todos vamos ter a condição de jogar. Então, tem que aproveitar essas oportunidades. É um grupo qualificado- concluiu.


Atlético-MG e Botafogo voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, 31 de julho, às 21h30, no Independência, pela partida de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana. O time mineiro avança com um empate. Caso o Fogão devolva o 1 a 0, a decisão será nos pênaltis

O vencedor deste confronto vai encarar nas quartas de final da Sula o La Equidad, da Colômbia, que eliminou o Royal Pari, da Bolívia.