Thiago Larghi

Larghi perdeu a  final do Mineiro para a Raposa e busca a revanche- (Foto: Divulgação / Atlético-MG)

Valinor Conteúdo
14/09/2018
19:38
Belo Horizonte

O técnico Thiago Larghi mostra ponderação ao falar do clássico de domingo, contra o Cruzeiro, no Mineirão. Avesso às provocações, o treinador atleticano tem ciência sobre a possibilidade real da Raposa entrar em campo com um time reserva. Por isso, evita a todo custo o favoritismo ante o maior rival.

- Nosso time encara isso com responsabilidade porque sabe que pode jogar de igual para igual contra qualquer adversário e vencer. Em relação ao outro time, o que temos que fazer é respeitar porque não podemos menosprezar nenhum adversário. São sempre jogos difíceis, jogos duros, e precisamos desses três pontos para seguir nossa caminhada.

Em seguida, valorizou o Cruzeiro e pediu seriedade no jogo.

- Temos uma ideia clara do nosso jogo e a gente sabe que precisa defender e atacar bem, sempre com a máxima eficiência. Fazendo isso bem, vamos impor nosso jogo, independente do adversário. A gente sabe que o plantel deles tem qualidade, então, independente de ser o time que vem jogando, titular ou reserva, a gente sabe que tem qualidade e precisamos tratar com o mesmo respeito e seriedade, sabendo que esse jogo é importantíssimo para nós, disse.

Escalação indefinida

Larghi comandou um trabalho tático na tarde desta sexta-feira, na Cidade do Galo e afirmou que a escalação será divulgada apenas no dia da partida e exigiu concentração total da equipe.

- Vamos deixar para a hora do jogo. A gente sabe que tem uma ideia de jogo e tenta repetir, principalmente pela questão do entrosamento, de dar mais eficiência naquilo. Então, a gente evita mudar, mas, dentro do jogo, existem movimentos e ações táticas pontuais que variam de jogo para jogo, de acordo com o adversário. E, para domingo, não é diferente. Temos jogadores que podem fazer a mesma posição, mas funções diferentes, um sendo mais agudo, outro mais de flutuação, enfim, vamos trabalhar isso da melhor maneira para tentar vencer no domingo, comentou.

- A gente vai com o melhor time que a gente tem em campo, concentrado em jogar futebol e evitando qualquer tipo de provocação que possa partir deles para tentar atrapalhar nosso jogo. Temos que estar conscientes disso. Nossos jogadores precisam estar concentrados em jogar futebol, fazer um bom espetáculo e conseguir os três pontos, concluiu Larghi.

Neste sábado, o Galo realiza o último treino antes do clássico, às 10h, encerrando a preparação alvinegra.