Alan Franco chamou a atenção duranta a  festa alvinegra pela conquista do Mineiro

Alan Franco chamou a atenção duranta a festa alvinegra pela conquista do Mineiro-(Reprodução/TV Globo)

Valinor Conteúdo
30/08/2020
19:43
Belo Horizonte

Uma cena chamou a atenção na comemoração do título mineiro do Atlético-MG após a conquista da 45ª taça estadual.

Entre sorrisos e abraços o meia equatoriano estava sentando, visivelmente emocionado e isolado em relação aos companheiros.

O motivo da emoção que ia além da conquista com o Galo era pelo pai do jogador, que foi mais uma vítima fatal da Covid-19, que faleceu há pouco tempo.

Alan Franco quase não veio para o Brasil para poder cuidar do pai. Todavia, com o seu falecimento, a negociação prosseguiu e houve o acerto com o clube mineiro, que o comprou junto ao Independiente Del Valle.

Sabendo da situação do colega de time, os outros jogadores alvinegros abraçaram o jogador enquanto celebravam o título mineiro.

Franco fez uma pequena homenagem ao pai, com sua foto e além de ser campeão pelo Galo, recebeu outra compensação após a conquista: um elogio do técnico Jorge Sampaoli, que teceu elogios à atuação do meio de campo na vitória sobre o Tombense, neste domingo, 30 de agosto, no Mineirão.

-Foi a melhor partida do (Alan) Franco desde a sua chegada. É um jogador que passou por coisas muito difíceis. Fez grande partida, teve chances de gols e venceu um título conosco. Valorizo muito por ele, que sofreu muito recentemente-disse o treinador atleticano.

Alan Franco foi o último reforço de Sampaoli a se apresentar ao Atlético, apesar de ter sido um dos primeiros a serem contratados. Ele teve de superar um impedimento para entrar no Brasil, por questões sanitárias, devido à pandemia do novo coronavírus, além da morte do pai.

O meia foi um dos destaques do Del Valle na conquista da Copa Sul-Americana de 2019 e tem agradado o treinador argentino, que o utiliza com frequência.