Atlético-MG x Atlético-PR

Furacão e Galo travam mais um duelo pelo Brasileiro, com os dois times buscando ficar colados nos lideres do campeonato -(Fernando Michel)

Valinor Conteúdo
16/08/2019
17:10
Belo Horizonte

Athletico-PR e Atlético-MG entram em campo neste sábado, 17 de agosto, às 19h, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Galo busca se manter no G4 da competição, onde ocupa a quarta colocação com 287 pontos em 14 jogos. O Furacão está na 11ª posição, com 19 pontos, mas se dividindo em duas frentes: Brasileiro e semifinais da Copa do Brasil.

A grande novidade do alvinegro é a entrada de Rafael Papagaio, que terá a sua primeira chance como titular no Galo, desde que chegou, há sete meses.

Pelos lados do Furacão, a grande meta é não perder o fôlego, depois de ser derrotado no jogo de ida da Copa do Brasil por 2 a 0, para o Grêmio, em Pòrto Alegre. Tiago Nunes vai levar a campo o que tem de melhor, fugindo da lógica de outros treinadores que poupam atletas, dando prioridades às copas em detrimento do Campeonato Brasileiro.

Sem transmissão pela TV

Os torcedores de Atlético-MG e Athletico-PR ficarão mais uma vez sem poder ver os seus clubes na TV. O duelo entre as duas equipes não terá transmissão da televisão.

O motivo: o Furacão não fechou um acordo com o Grupo Globo para a venda do pay-per-view para o grupo Globo. Por direito de arena, os jogos do Athletico não podem ser exibidos no Premiere. Os torcedores terão de recorrer ao rádio ou o Tempo Real do L! para acompanhar o jogo entre mineiros e paranaenses.


Será a segunda vez que um jogo do Galo não terá transmissão. Diante do Palmeiras, pela rodada, no Mineirão, o time paulista ainda não tinha contrato com a Globo, somente com a Turner(dona dos canais Esporte Interativo), o que impediu a transmissão da partida. Para que um jogo possa ser transmitido, os dois time envolvidos tem de ceder os direitos de arena às emissoras de TV que queiram retransmitir as imagens da partida.

O Furacão emitiu uma nota em que discorda “da forma injusta de distribuição das receitas de PPV. Pelo formato atual, as receitas são muito concentradas. Apenas dois clubes (Flamengo e Corinthians) recebem valores juntos, 40 vezes mais que o Furacão”.

Os torcedores de Atlético-MG e Athletico-PR ficarão mais uma vez sem poder ver os seus clubes na TV. O duelo entre as duas equipes, neste sábado, 17 de agosto,às 19h, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 15ª rodada do Brasileiro, não terá transmissão da televisão.

O motivo: o Furacão não fechou um acordo com o Grupo Globo para a venda do pay-per-view para o grupo Globo. Por direito de arena, os jogos do Athletico não podem ser exibidos no Premiere. Os torcedores terão de recorrer ao rádio ou o Tempo Real do L! para acompanhar o jogo entre mineiros e paranaenses.


Será a segunda vez que um jogo do Galo não terá transmissão. Diante do Palmeiras, pela rodada, no Mineirão, o time paulista ainda não tinha contrato com a Globo, somente com a Turner(dona dos canais Esporte Interativo), o que impediu a transmissão da partida. Para que um jogo possa ser transmitido, os dois time envolvidos tem de ceder os direitos de arena às emissoras de TV que queiram retransmitir as imagens da partida.

O Furacão emitiu uma nota em que discorda “da forma injusta de distribuição das receitas de PPV. Pelo formato atual, as receitas são muito concentradas. Apenas dois clubes (Flamengo e Corinthians) recebem valores juntos, 40 vezes mais que o Furacão”.


FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR x ATLÉTICO-MG
​​Estádio: Arena da Baixada- Curitiba (PR)
Data-hora: 17 de agosto de 2019, às 19h
Árbitro:Dewson Fernando Freitas da Silva(PA)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse(PA) e Helcio Araujo Neves(SP)
Árbitro de vídeo: Pathrice Wallace Corrêa Maia(RJ)
Onde seguir: Tempo Real LANCE!, Rádio Itatiaia, 95,7FM, Super FM 91,7


ATHLETICO-PR: Santos; Madson, Pedro Henrique, Léo Pereira e Adriano; Wellington, Bruno Guimarães e Bruno Nazário (Nikão); Marcelo Cirino, Rony e Marco Ruben (Thonny Anderson) Técnico: Tiago Nunes.

ATLÉTICO-MG: Cleiton; Guga, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Ramón Martínez; Chará, Elias, Vinicius e Cazares; Papagaio Técnico: Rodrigo Santana.

Palpites: As duas equipes estão em bom momento. Por isso, as apostas ficaram equilibradas. Cerca de 45% da redação acha que vai dar Galo, outros 45% creem no Furacão e os 10% restantes, acham que ficará tudo igual.