Kalil e Ronaldinho

Kalil trata R10 como um "filho" a mais, pela passagem vitoriosa no Galo(Reprodução/Twitter)

Valinor Conteúdo
08/03/2020
17:30
Belo Horizonte

Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Assis, que estão presos no Paraguai desde a última sexta-feira, 6 de março, ainda geram comoção e curiosidade sobre o que os levou a falsificar um passaporte. Todavia, apoio a R10 não tem faltado. O ex-jogador recebeu neste domingo, 8, uma mensagem de apoio do prefeito de Belo Horizonte e ex-presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil.

Kalil usou sua conta no Twitter para apoiar o ex-atleta do Galo e da Seleção Brasileira. O prefeito de BH postou que não sabe sobre os detalhes do caso dele no Paraguai, mas que está rezando pelo ex-jogador.

-Meu filho, @10Ronaldinho, não tenho nem ideia do que está acontecendo aí no Paraguai, mas nossa família está orando por você- postou Kalil.

O ex-presidente atleticano sempre teve uma relação íntima e paternal com Ronaldinho durante sua passagem pelo Atlético-MG, sendo tratado por Kalil de “filho preto”, recebendo em contrapartida a alcunha de “papai” por parte de R10.


Recentemente, Ronaldinho e Kalil jantaram na casa do prefeito de BH , com os demais filhos do ex-mandatário alvinegro. Em outra postagem na rede social, Kalil brincou que estava com todos os filhos e pediu para adivinhar qual era o que dava mais trabalho.

-Filhos filando jantar do papai. Adivinhem qual deles deu mais trabalho e mais alegria-postou em outubro de 2019.