Atlético-MG x Cruzeiro - Comemoração

A noite foi de golaços, de Igor Rabello (foto) e Otero, que selou  o triunfo alvinegro-(Foto: Bruno Cantini/Atletico)

Valinor Conteúdo
07/03/2020
20:54
Belo Horizonte

A celebração dos jogadores do Atlético-MG após o triunfo sobre o Cruzeiro era um êxtase. O ambiente da partida contribuiu para a atmosfera de desabafo e vibração pelos três pontos sobre o maior rival.

O alvinegro teve, no geral, juntando os dois tempos, mais ações ofensivas perigosas, porém, teve, quase, que se contentar com um frustrante empate contra a Raposa. Todavia, em uma noite inspirada de gols bonitos, o Atlético-MG saiu de campo vitorioso.

O atacante Diego Tardelli, retornando ao clube em sua terceira passagem, mostrou satisfação plena em voltar a jogar pelo Galo em um clássico e ainda conseguir colaborar com o time na vitória sobre o maior rival.

— Não imaginava voltar com essa vibração, mas está todo mundo de parabéns. Nós, em campo, pela vontade. A torcida fez a parte dela. A gente merecia vencer, com essa festa da torcida. O empate não seria justo. Gol sofrido, no final, três pontos que deixam a gente entre os quatro primeiros. A gente precisava da vitória pra dar confiança durante a temporada. Agora mais ainda com a chegada do Sampaoli. A rivalidade faz parte, tem que ter a provocação sadia, que fica dentro de campo. Jogar um clássico é especial, sempre — disse o camisa 9 do Galo.

Outro jogador com grande felicidade pela vitória, o meia Marquinhos tentou explicar a sensação de ser decisivo para o resultado final do jogo, já que deu o passe para o golaço de Otero, que determinou a vitória do Galo.

— Estou muito feliz. Não sei como explicar. Estava no banco com a mão fria, doido pra entrar. Graças a Deus saímos com a vitória, é o mais importante. Falei pro torcedor nas últimas entrevistas que nosso time ia evoluir. Estamos evoluindo. Vamos crescendo jogo a jogo —disse o meia atleticano.

O Atlético-MG chegou aos 15 pontos, voltou ao G4 e vai entregar ao novo treinador, Jorge Sampaoli, uma semana tranquila para ele iniciar o seu trabalho no time mineiro.