Valinor Conteúdo
14/06/2021
18:50
Belo Horizonte

A notícia mais forte do futebol mineiro nesta segunda-feira foi a saída do técnico Lisca do América-MG, ao pedir demissão do clube. O treinador disse que sua saída tem a ver com a falta de resultados, já que o Coelho ainda não venceu no Brasileirão, foi eliminado na Copa do Brasil pelo Criciúma, nos pênaltis, e não sabe o que é vencer há sete jogos, incluindo as finais do Mineiro.

- Torcida, faltou pouco para gente ser campeão, tanto da Copa do Brasil, Série B, Mineiro, mas conseguimos levar o nome do América muito alto. Mas, infelizmente nesse início não estamos conseguindo o objetivo, eu principalmente, tenho essa liberdade e procurei o Salum hoje porque na minha avaliação é o melhor para todos nós, uma nova energia, uma nova maneira - disse Lisca.

Lisca questionou uma suposta vantagem dada do Galo pela FMF
Lisca garante que não está acertado com outro clube-(Mourão Panda/América-MG)

O treinador, que estava desde janeiro de 2020 no cargo, e tinha o trabalho mais longevo do futebol brasileiro, chorou na sua saída e afirmou que deixar o Coelho foi a melhor situação para todos. Como Lisca pediu para deixar o América, o clube mineiro não perde seu direito de fazer uma troca de treinador como prevê a nova regra da CBF em que os clubes podem demitir apenas uma vez.

Confira a emoção de Lisca e suas explicações na sua saída do América-MG nos vídeos da matéria.