Matheusinho - América-MG

Adilson Batista espera contar com o atacante Matheusinho,que se recupera de problemas físicos- (Foto: Divulgação)

Valinor Conteúdo
01/11/2018
19:48
Belo Horizonte

Sem margem para erros, o América-MG tenta achar a melhor formação para o desafio do clássico do próximo domingo, contra o Cruzeiro, no Independência.
Sem saber se poderá contar com o atacante Matheusinho, com dores no joelho direito, o técnico Adilson Batista pode ficar também sem o meia Juninho, com um incômodo na coxa esquerda, forçando o treinador a trazer velhos conhecidos do torcedor americano para campo, como o volante Leandro Donizete, ganhando força de marcação e experiência para encarar um rival do porte da Raposa.

- O Leandro Donizete é um jogador experiente, importante, tem me ajudado e vai nos ajudar até o fim. É um profissional exemplar, cabeça muito boa, vencedor. Procuro ser justo e coerente com o que cada um faz nos treinamentos e nos jogos. O Zé Ricardo vem muito bem, foi bem contra o São Paulo, fez um excelente clássico, foi bem na partida contra a Chapecoense. Então, eu posso trabalhar com os três ,Zé Ricardo, Juninho e Leandro Donizete, não tem problema nenhum, disse Adilson.

O caso de Matheusinho será avaliado até om fim da semana, pois Adilson quer ter o jogador para o lugar de Gérson Magrão, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O atacante ainda está em fase de transição física e depende de uma reavaliação médica para definir se tem condições de jogo.

- Tenho uma ideia. Eu aguardo ainda o departamento médico no processo de transição do Matheusinho. Mas eu tenho uma ideia do esboço para domingo, explicou Adilson.

O Coelho ainda tem no DM o goleiro Jori, com tendinite nas duas coxas, e o volante David, com fratura na fíbula do joelho esquerdo. O zagueiro Lima continha em processo de transição física.